Memória

Técnico, jornalista, escritor, animador...


“Ricardo Criez é um autor universal a partir das experiências vividas em São Bernardo. Ex-estudante da sempre ETI (e não ETE) Lauro Gomes, utilizou a escola como cenário do seu primeiro trabalho literário; apaixonado pelo xadrez, esporte do qual é professor, jogador e o divulgador mor no Grande ABC, lançou um segundo livro. Numa noite de outubro de 2019, completou a trilogia com As Meigas de La Coruña – Romance e Magia ao Som, de Elton John.”

Cf. Memória, 25-10-2019

Repórter é repórter. Criez aceitou o desafio da página Memória em reunir uns 20 ex-colegas que concordassem em falar sobre o significado de ter cursado a Escola Técnica Industrial de São Bernardo, uma das grandes obras do prefeito Lauro Gomes.

E a resposta veio em mais de 50 pílulas maravilhosas, exemplos de vida em especial às novas gerações. Ricardo Criez foi um dos primeiros a sintetizar a sua biografia, solicitando que fosse a última a ser publicada. Aqui está ela.

Ocorre que, a cada biografia enviada, o festeiro mor da ETI deixou comentários. Sendo assim, caro leitor, esta é a penúltima da série. Amanhã concluiremos, pelo menos assim esperamos.

Etianos

RICARDO CRIEZ NOBREGA FERREIRA

Eletrônica – Turma de 1984

A ETI Lauro Gomes foi a base da minha vida. Logo após concluir o curso técnico, ingressei na companhia aérea Vasp, onde trabalhei seis anos como técnico eletrônico, ao mesmo tempo em que fazia, à noite, faculdade de jornalismo na Universidade Metodista, em São Bernardo. 

Já formado, iniciei carreira em 1990 no Diário do Grande ABC e ainda atuei como repórter e editor no Diário Popular e Agência Estado, do grupo Estadão. 

Fiz também bacharelado e licenciatura de história na USP. Virei escritor de livros juvenis (o primeiro deles, Jovens Mortos - o Despertar de uma Geração, lançado em 1999, foi inspirado no meu amor pela ETI), além de professor de xadrez e festeiro mor da Turma de 1984!

Diário há meio século

Quarta-feira, 12 de agosto de 1970 – ano 13, edição 1307

Manchete – Angústia continua. O cônsul brasileiro no Uruguai ainda está vivo?

Diadema – O prefeito Evandro Esquivel viaja a Osaka e visita a Expo-70, no grande centro industrial do Japão. Américo Maffia, vice-prefeito, assume a Prefeitura.

Futebol – Saad vai recorrer ao Conselho Nacional de Desportos no caso da agressão sofrida por seus jogadores no campo do Nacional. Careca foi uma das vítimas da sanha dos torcedores locais.

Editorial – Solidariedade ao Saad EC

Em 12 de agosto de...

1930 – Inaugurada oficialmente a unidade da General Motors em São Caetano, na Rua (ainda não era chamada Avenida) Goiás.

– Um crime mexe com a população de Rio Grande (hoje ‘da Serra’): a morte a machadadas de José Augusto da Silva pela sua companheira, Maria Benedita da Silva.

1955 – Prefeito de São Bernardo, Lauro Gomes, inicia processo de desapropriação de prédio destinado à instalação do Fórum.

1975 – Instituto Mauá de Tecnologia, em São Caetano, inicia simbolicamente a construção do Laboratório de Bioquímica Industrial.

– Iniciada a construção de passagem subterrânea para pedestres na estação ferroviária de São Caetano.

– Associação das Empresas de Transporte Coletivos do Grande ABC elege nova diretoria: Rubens Fortunato Audino é o novo presidente da entidade.

Hoje

Dia Internacional da Juventude

Dia Nacional das Artes

Dia Nacional de Luta Contra a Violência no Campo e por Reforma Agrária

Santos do Dia

Inocêncio XI (1611-1689). <EM>Bem-aventurado. Papa. Chamado de “O pai dos pobres”

Euplúsio. Mártir. Faleceu na Sicilia no século IV

Hilária 

JOANA FRANCISCA DE CHANTAL. Religiosa francesa (Dijon, 1572 – Paris, 641)

Município paulista

Hoje é o aniversário de Cananeia, o mais antigo do Brasil. Fundador: Martim Afonso de Souza. O primeiro município brasileiro é São Vicente, também fundado por Martim Afonso de Souza.

Fonte: IBGE

Comentários


Veja Também


Voltar