Memória

A igreja. A fábrica. O palacete


Estendendo a Semana São Caetano 2020, Memória focaliza esta vista ampla e geral do bairro da Fundação com três equipamentos referenciais:
1 – A igreja, hoje sede da Paróquia São Caetano, a Matriz Velha.
2 – A fábrica de sabão e graxa de Pamplona e Sobrinho, raiz do parque industrial em formação e que na década seguinte conheceria um desenvolvimento formidável com a chegada das unidades Matarazzo.
3 – O palacete De Nardi, que já foi escola e hoje abriga o Museu Municipal.
Segundo a Pró-Memória, a foto data de 1912.

JÁ EM 1927...
Logo na entrada do Museu de São Caetano, quando o mesmo ainda estava no interior do Bosque da Vila São José, havia uma foto imensa, também com uma vista geral do bairro Fundação. Numa reunião ali realizada em 1987, três líderes autonomistas retornaram no tempo.
Jayme da Costa Patrão, José Astolphi e Jordano Vicenzi identificaram marcas daquela foto, entre as quais:
1 – Imigrantes e seus descendentes tinham olarias às margens dos rios Tamanduateí e dos Meninos. Alguns tinham curtumes. E a família Ferrari chegou a abrir uma indústria de casimiras, que por sinal não prosperou.
2 – Era possível identificar, ao fundo, o morro do Penteado, em São João Clímaco, onde está o hospital Heliópolis.
3 – O Grupo Escolar Senador Flaquer já funcionava na Rua Heloísa Pamplona, pouco adiante do campo do São Caetano EC, que ficava na Rua Perrella e era cercado de eucaliptos.
A foto de 1927, segundo nossos três informantes, foi batida do alto de Vila Prudente, do outro lado do legendário Tamanduateí, em São Paulo, cujo acesso a partir de São Caetano se dava a partir de um caminho que é hoje a Avenida Ibitirama – um dos mais antigos caminhos do planalto.
 

CONTRASTE
Uma sugestão ao Centro de Documentação Histórica da Fundação Pró-Memória: localizar em seu acervo a foto geral de 1927 e compará-la com esta hoje publicada. Em caso positivo, Memória promete voltar ao tema. 

AMANHÃ NA SEMANA SÃO CAETANO
- A Praça Cardeal Arcoverde em 1969
- A antiga fonte luminosa
- E a lembrança de um banho em 1970<

Diário há meio século

Terça-feira, 4 de agosto de 1970 – ano 13, edição 1300

Santo André – O prefeito Newton Brandão assina contrato para a construção de cinco pontilhões: dois sobre o Córrego Carapetuba e os outros três nos Córregos do Cemitério, Comprido e Jundiaí.

Em 4 de agosto de...

1840 – Coronel Raphael Tobias de Aguiar assume a Província de São Paulo.
1930 – O momento político. Júlio Prestes, presidente eleito e ainda não empossado do Brasil, chega ao Rio de Janeiro; restos mortais de João Pessoa, candidato derrotado a vice-presidente na chapa de Getúlio Vargas – e assassinado no Recife – passam de navio por Salvador.
- Em São Bernardo, o preço da carne é considerado abusivo, em comparação com o praticado em outros municípios.
- 1960 – Dom Jorge Marcos de Oliveira, bispo de Santo André, acompanha o prefeito Élio Bernardi, de Mauá, até o Palácio dos Campos Elíseos, sede do governo estadual, onde reivindicam vários melhoramentos para o município.

Santos do Dia

- Lugaido

JOÃO MARIA VIANEY. Francês (1786-1859). Foi nomeado padroeiro dos Párocos em 23 de abril de 1928. Por isso, hoje é o Dia do Padre

Comentários


Veja Também


Voltar