D+

Fãs de k-pop do TikTok afirmam ter trolado comício de Donald Trump


A mobilização de fãs de k-pop acabou por mostrar impacto em evento político comandado por Donald Trump, atual presidente dos Estados Unidos. Não que parte desse público tenha se organizado para participar de votação, mas demonstrou sagacidade on-line para fazer com que o chefe do Executivo do país e sua equipe de marketing fossem enganados.

Mesmo em meio à pandemia da Covid-19, Trump realizou comício na cidade de Tulsa, em Oklahoma, no dia 20, de olho nas eleições presidenciais marcadas para este ano. Brad Parscale, gerente da campanha do empresário e político, havia afirmado nas redes sociais que o evento em uma arena esportiva teve mais de 1 milhão de apoiadores interessados em adquirir os ingressos. O local tem capacidade para 19 mil pessoas, mas estima-se que cerca de 6.200 indivíduos apareceram.

Grupos de k-popers usuários do aplicativo TikTok afirmaram ser parcialmente responsáveis pelo baixo público registrado. Segundo eles, a contagem abaixo do esperado ocorreu porque eles teriam feito registros para participar gratuitamente do comício, mas não tinham a intenção de comparecer. Estruturas adicionais na parte de fora do estádio foram montadas na espera da multidão, que não apareceu.

“Vocês (equipe de Trump) foram simplesmente derrubados por adolescentes no TikTok que inundaram a campanha de Trump com reservas falsas de ingressos e os enganaram a acreditar que 1 milhão de pessoas queria seu discurso supremacista branco, o suficiente para encher uma arena durante a pandemia”, postou deputada democrata Alexandria Ocasio-Cortez como resposta a Brad Parscale, que culpou a imprensa por desencorajar o público. “Um salve para os Zoomers (como são conhecidos os adolescentes da geração Z), vocês me deixam orgulhosa.” 

Comentários


Veja Também


Voltar