Setecidades

Modelo atira em delegado após briga por ciúme em São Bernardo


Atualizada às 15h48

Uma mulher morreu e um delegado de polícia (foto) ficou gravemente ferido na manhã desta quarta-feira (20), em São Bernardo, após uma discussão que teria sido motivada por cíumes. A briga aconteceu em apartamento em residencial na Avenida Prestes Maia, onde também mora o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

De acordo com policiais que atenderam a ocorrência, a modelo Priscila Delgado de Barros, 27 anos, teria efetuado três disparos contra o namorado, o delegado Paulo Bilynskyj, 33, e na sequência se trancado em um quarto e atentado contra a própria vida. Bilynskyj foi atingido na perna, mão e barriga e teria ido caminhando até hospital da Greenline, localizado ao lado do prédio residencial.  De lá, foi transferido para o Hospital Estadual Mario Covas, em Santo André. 

Em depoimento por vídeo gravado no hospital, Bylinskyj detalhou, de forma breve o que aconteceu em seu apartamento. “Ontem a Priscila, a minha namorada, viu uma mensagem antes de ir para a minha casa. Hoje pela manhã, quando eu sai do banho, ela deu seis tiros em mim e depois disparou contra ela mesmo. Estou em estado grave e vou passar por cirurgia.”

Em nota, a SSP (Secretaria de Segurança Pública), de São Paulo, afirmou que a Corregedoria da Polícia Civil irá apurar as causas e circunstâncias do que realmente aconteceu dentro do imóvel do casal. Inicialmente, policiais que atenderam a ocorrência teriam dito à imprensa que a mulher também seria delegada, mas a informação foi corrigida posteriormente.

Comentários


Veja Também


Voltar