Cultura & Lazer

Regina Duarte deixa Secretaria de Cultura


 A atriz Regina Duarte não é mais a Secretária de Cultura do governo Bolsonaro. Em reunião na Alvorada foi decidida mudança de cargo: agora vai para o comando da Cinemateca, em São Paulo.

"Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o Governo e a Cultura Brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias", postou Bolsonaro.

A atriz disse, em vídeo gravado ao lado do presidente, ter ganhado um ''presente''. "Acabo de ganhar um presente, que é o sonho de qualquer profissional de comunicação, de audiovisual, de cinema e de teatro, um convite para fazer cinemateca que é um braço da cultura em São Paulo. Ficar secretariando o governo na cultura dentro da cinemateca. Pode ter presente maior do que isso?"

"Pode ter certeza de uma coisa, eu acho que você quer ajudar o Brasil e o que eu mais quero é o seu bem, pelo seu passado, por aquilo que você representa para todos nós. Ir para a cinemateca, do lado do teu apartamento ali em São Paulo, você vai ser feliz e produzir muito mais, eu fico muito feliz com isso. Chateado porque você se afasta do convívio nosso em Brasília", afirmou Bolsonaro no mesmo vídeo.

O encontro ocorre depois de o presidente compartilhar ontem nas redes sociais um vídeo em que o ator Mário Frias comenta sobre assumir o cargo atualmente ocupado por Regina. Bolsonaro se encontrou com o ator ainda ontem durante um almoço com empresários do mundo do futebol ocorrido no Planalto. O compromisso não estava previsto na agenda pública do presidente.

No vídeo publicado ontem pelo presidente, que se trata de um trecho de uma entrevista de Frias para um programa da emissora CNN Brasil exibido no dia 6 de maio, o ator diz que torce por Regina Duarte, mas que está à disposição do presidente. "Para o Jair, o que ele precisar estou aqui", afirma o ator.

Na gravação, publicada com cortes, Mário Frias defende o presidente e diz que Bolsonaro é "preocupado com o povo" e "defende os Três Poderes". No mesmo dia da divulgação da entrevista de Frias, Bolsonaro havia tido uma reunião com Regina Duarte depois de se mostrar insatisfeito publicamente com a atuação da secretária. Nessa data, Regina levou sua equipe ao Planalto e apresentou projetos para Bolsonaro.

Comentários


Veja Também


Voltar