Social

Todo mundo deveria escrever um livro


 Não tem aquela história que para a vida ser completa é preciso plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro? Pessoalmente, sou bem mais o terceiro item. Pois se o estímulo acontece na infância e adolescência fica mais fácil realizar este sonho na vida adulta. Mas jovens do Programa Aprendizagem, curso de capacitação do Senac São Bernardo, já podem dizer que são autores de verdade. Hoje, às 14h, eles apresentam o livro Contos Perdidos e Outros Assuntos (disponível na versão on-line), na Biblioteca Pública Municipal Monteiro Lobato. Na obra, o grupo propõe reflexões e fala sobre violência, superação, bullying, educação e outros temas relacionados ao dia a dia. “É maravilhoso estar no livro. No meu texto (A Fuga) dei voz aos animais. Escrevi pensando nos testes que são feitos em laboratórios com eles”, conta Lívia da Costa Silva, 17 anos, que jura ter se aproximado mais da literatura após o projeto, “Conheci também novos livros e autores.”

TEM MAIS

Denis Maciel/DGABC

Wilma de Moraes, do projeto Pet Solidariedade – que arrecada doações para cães e gatos de Santo André na fila de adoção –, recebeu no Hospital Dr. Vet o que foi recolhido no ponto colocado dentro do Diário; ela aproveitou para revelar a segunda parte do projeto, uma cartilha a ser distribuída nas escolas sobre animais, especialmente adoção e posse responsáveis

Denis Maciel/DGABC

Valdeci Gil foi metalúrgico há 30 anos; Desde 2015, está à frente do Dr.Vet; além de participar do projeto Pet Solidariedade – que continua –, sempre que é chamado, ajuda também animais abandonados ou em situações de risco: “Como dono não fico apenas preocupado com o atendimento, mas em como tentar salvar mais um ser vivo que entra pela porta do meu hospital”, conta

Denis Maciel/DGABC

Participaram da entrega de doações Natália Gawriljuk, Lucas Cavelanha e Juliana Barreiro

Denis Maciel/DGABC

Maria Aparecida Ferraz e Elizabete Scarabel também colaboram com os pets abandonados

Bora lá!

Prefeitura de Ribeirão Pires convoca quem tem a partir de 55 anos para participar do seu novo curso gratuito: dança de salão em grupo. As aulas começam no dia 3. Santo André recruta auxiliares de cozinha para curso do programa Minha Chance, que integra a Escola de Ouro Andreense.  A capacitação é gratuita.

Agenda

Dias 31 de janeiro e 2 de fevereiro, das 12h às 22h, Mauá recebe o Festival de Sorvete e Cannoli. A festa será na Avenida Portugal, 460. Entrada grátis.

A Sociedade Cultural Ítalo-Brasileira, de Santo André, já iniciou os preparativos para a Festa do Imigrante, que acontece dia 19 de fevereiro, às 20h. 

Comentários


Veja Também


Voltar