Memória

A tradição na capa do Diário


A ideia partiu do diretor de Redação e editor-chefe, o jornalista Fausto Polesi. Reunir todas as capas natalinas já publicadas renderia um belo livro. 

Muitos artistas desenhavam especialmente para esta edição. Foi o caso de Mônica, artista plástica andreense, que explicou o seu quadro “Devemos ser como as crianças”, confeccionado em óleo e colagem sobre duratex:

- A figura da criança representa o futuro e o exemplo de Cristo.

- O elemento feminino traduz luz e vida.

- O fundo verde, esperança e o Brasil.

- A vassoura usada como suporte da árvore de Natal e a colagem de jornal significam o símbolo doméstico de ordem e limpeza e o fator de comunicação e a obra de informar.

- As estrelas e as bolsas dos enfeites simbolizam o nascimento e o renascimento.

- O vestido azul da menina, a espiritualidade e os ideais cristãos.

- O muro de tijolos significa segurança e fé.

A mensagem do Bispo

Há cinco anos, pela primeira vez, Memória recebia um cartão de Feliz Natal assinado por um bispo. Desde então, anualmente, dom Nelson Westrupp nos honra com seus pensamentos. O cartão deste ano também é muito bonito. 

Escreve o Bispo Emérito do Grande ABC:

- Cada vez que celebramos o Natal, nosso coração de criança volta-se saudoso para o tempo em que a gente pedia e o Menino Jesus trazia o presente desejado.

- O Natal acontece porque Deus nos ama, porque a Sua misericórdia é a essência da história da Salvação.

- O campo da misericórdia divina é tão vasto como o da miséria humana.

- (...) O meu Natal consiste em dar alegria e esperança e em fazer os outros felizes, a começar por aquele que está mais próximo de mim. Natal é troca de presentes entre Deus e nós...

- A minha festa de Natal é você feliz.

- Votos de um Natal santo e de um Novo Ano repleto de saúde, paz e alegria, feito de luz do “Sol nascente que nos veio visitar”!

Diário há 30 anos

Domingo, 24 de dezembro de 1989 – ano 32, edição 7258

Construção – Falta de imóveis comerciais no Grande ABC encarece as luvas.

Vôlei masculino – Pirelli viaja para torneio de Natal na Bélgica. Delegação: José Carlos Brunoro, técnico; Vincenzo Roma, supervisor; Marcio Cattaruzzi, auxiliar técnico; Eurico Campos, preparador físico.

Os jogadores: Pampa, Madeira, Xandó, Celsinho, Marcelo, Romão, William, Douglas, Mauricio, Claudinei, Luiz Alexandre e Wagner.

Os adversários: Olimpiakos da Grécia, MSC Mors e Knack Roeselare, ambos da Bélgica, CSKA de Moscou e Frejus da França. 

Em 25 de dezembro de...

1904 – Constituída a Associação Cristã Verdade e Luz, mantenedora da revista do mesmo nome, cuja mensagem era a de propagar o cristianismo científico.

1914 – A I Guerra. Da manchete do <CF160>Estadão</CF>: os aliados continuam, com vantagem, a repelir os ataques do inimigo em toda linha.

1939 – Os cariocas, também campeões brasileiros de bola ao cesto: 31 a 26 sobre os paulistas na final disputada em Niterói.

1944 – As festas na Matriz de Mauá, com Missa do Galo, comunhão geral dos fiéis, “beijamento” da imagem do Menino Jesus e exposição do presépio. A cidade festejava a Imaculada Conceição, numa festa que prosseguiria até 7 de janeiro.

Tragédia em São Caetano: filho mata o pai a navalhadas durante festa de batizado em casa da Rua Baraldi, a poucos metros da Matriz Nova.

1959 – Enchentes atingem o Centro de São Caetano, inclusive a agência do Departamento de Correios e Telégrafos.

O prefeito Adhemar de Barros, de São Paulo, determinou à assessoria técnica a instalação do Masp (Museu de Arte de São Paulo) na parte superior do edifício que a Prefeitura pretendia construir no local do antigo Trianon, na Avenida Paulista. Já lançada a pedra fundamental.

Nota – Estava nascendo o chamado “maior vão livre do mundo”.

Santos do dia

- Anastácia

- Jacó de Tódi

- Mártires de Nicomédia 

Municípios brasileiros

Celebram aniversários no Dia de Natal:

- No Espírito Santo, Guaçuí

- No Rio Grande do Norte, a capital Natal

- No Piauí, São José do Peixe

Fonte: IBGE.

Comentários


Veja Também


A tradição na capa do Diário

A ideia partiu do diretor de Redação e editor-chefe, o jornalista Fausto Polesi. Reunir todas as capas natalinas já publicadas renderia um belo livro. 

Muitos artistas desenhavam especialmente para esta edição. Foi o caso de Mônica, artista plástica andreense, que explicou o seu q...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar