Setecidades

Estado promete expansão do ensino integral a partir de 2020


O governo do Estado de São Paulo anunciou, ontem, a expansão do PEI (Programa de Ensino Integral). A partir de 2020, pelo menos 664 escolas da rede estadual, sendo 18 no Grande ABC (seis em Santo André, cinco em São Bernardo, quatro em Diadema, duas em Mauá e uma em Ribeirão Pires) funcionarão nesta modalidade. O investimento totaliza R$ 321 milhões.

Atualmente, 417 escolas da rede estadual funcionam com o PEI. A expectativa do governo é ultrapassar 1.400 unidades de ensino até 2023. Na região, 18 das 336 escolas atuam no modelo.

No total, 247 escolas estaduais manifestaram interesse em aderir ao programa a partir de 2020. Todas obedecem a critérios estabelecidos pela Secretaria da Educação, como ter mais de 12 salas de aula e avaliação do grau de vulnerabilidade socioeconômica das comunidades atendidas.

Pelo novo programa, os estudantes passam a ter matriz curricular diferenciada que inclui projeto de vida, orientação de estudos, práticas experimentais. Há ainda clubes juvenis para que os alunos se auto-organizam de acordo com temas de interesse como dança, xadrez, debates etc.

A carga horária é de até nove horas e meia – na rede regular, a jornada é de cinco horas e 15 minutos. Trinta e seis das 247 escolas contempladas vão funcionar em um formato com carga horária diferenciada de sete horas, atendendo a alunos que já trabalham. Os professores e servidores que atuam no programa receberão gratificações.

Comentários


Veja Também


Estado promete expansão do ensino integral a partir de 2020

O governo do Estado de São Paulo anunciou, ontem, a expansão do PEI (Programa de Ensino Integral). A partir de 2020, pelo menos 664 escolas da rede estadual, sendo 18 no Grande ABC (seis em Santo André, cinco em São Bernardo, quatro em Diadema, duas em Mauá e uma em Ribeirão Pires) funcionarão ne...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar