Palavra do Leitor

Como usar o 13º de forma consciente


 Artigo

É chegada a época do ano de muitas festas e confraternizações. Período em que muitos param para refletir e programar o próximo ano, momento de celebrar as conquistas e planejar os próximos desafios. É nesta época que, com a entrada do 13º salário, muitos brasileiros têm o mesmo desejo, o de fazer compras, mas antes é importante focar em tarefa nem tão prazerosa: quitar as dívidas!

De acordo com pesquisa realizada pela empresa de informações de crédito Boa Vista Serviços, mais de 70% da população brasileira estava com a renda comprometida para o pagamento de dívidas no primeiro semestre de 2019, número muito superior aos 56% no mesmo período de 2018. Nesse cenário, o 13º salário é valioso aliado para quitar dívidas, principalmente no cartão de crédito e no cheque especial, que têm maiores taxas de juros. Nos casos em que o recurso não é suficiente para acertar as contas, é importante priorizar o pagamento das dívidas com a maior taxa, sendo fundamental renegociar as dívidas com parcelas que caibam no orçamento.

Para aqueles que não estão endividados, a recomendação é utilizar o dinheiro extra para começar reserva financeira ou reforçar seus investimentos, caso já possuam. Vale lembrar que o primeiro passo para poupar é viver dentro da sua realidade financeira, ou seja, seguir a premissa básica das finanças pessoais, gastando menos do que ganha e investindo com qualidade a diferença.

Guardar parte ou todo o 13º salário pode ser o pontapé inicial para se ter vida financeira saudável. E, para alcançar esse objetivo, existem muitas formas. As pessoas podem, por exemplo, estabelecer percentual do salário mensal que ficará guardado todo o mês. É importante que essa quantia não comprometa as finanças do mês, para que fique confortável e seja valor possível de guardar. Esse valor deve ser retirado logo ao receber o salário, antes mesmo de começar a pagar suas despesas, para garantir que o dinheiro seja poupado. Existem também alternativas, como programar esse percentual de retirada do salário em débito em conta assim que for depositado, destinando para investimento apropriado.

Para ajudar quem não sabe identificar boas opções de investimentos, existem ferramentas gratuitas, como o Investindo Juntos (www.investindojuntos.com.br), que desmistifica o mercado de investimentos e auxilia as pessoas a encontrar a opção mais indicada para o seu perfil. Planejamento e organização são as chaves para tudo, inclusive para poupar. Por isso, este é o momento de pensar no 13º salário como benefício, não só imediato, mas a longo prazo também.

Everton Lopes é economista e especialista em educação financeira da Fundação Sicredi.

Palavra do Leitor

Eterna espera
No próximo dia 6, meu pedido de aposentadoria por tempo de serviço completará um ano, sem qualquer retorno ou atualização por parte do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). No dia 6 de dezembro de 2018 apresentei, no INSS de Santo André, todos os documentos necessários para o processo. Já abri três reclamações na ouvidoria do INSS, que também não auxiliou na evolução do meu caso. Também registrei solicitação no Ministério Público, ainda sem andamento. Tentei agendar atendimento presencial, mas a data mais próxima é em janeiro de 2020. Imagino que este Diário tenha milhares de leitores na mesma situação no INSS de Santo André.
Marcos D. Alves
Santo André

Bastariam dois
No Brasil há vários partidos políticos. Pesquisa da Universidade de Oxford, no Reino Unido, e da FGV (Fundação Getulio Vargas) de 2018, entretanto, afirma que apenas duas siglas já seriam suficiente para representar a sociedade brasileira no Congresso Nacional, e que dos 25 partidos com representatividade na Câmara, são todos de posições mais que semelhantes. Só lembrando que tem dezenas de outros partidos na fila a serem criados.
Turíbio Liberatto
São Caetano

Tarde
Sensacional a iniciativa do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC de fazer força-tarefa contra o mosquito da dengue (Setecidades, dia 26). Agora? Não acha que perdeu o bonde? Essa força-tarefa não deveria ter sido feita lá atrás, bem antes deste período já bem próximo do verão? Mais uma vez o Consórcio presta desserviço à população, haja vista que os próprios especialistas ouvidos na reportagem criticam a demora em se fazer a campanha, já que o Aedes aegypti está por aí, passeando livremente e já deu uma picadinha em 1.591 pessoas só neste ano, inclusive com duas mortes por causa da doença. Só falta agora o Consórcio falar que vai fazer mapeamento para ‘descobrir’ os pontos de alagamento na região. Lamentável!
Antônio Carlos Brummer
Mauá

Vera Cruz
Infelizmente, não fui um dos felizardos visitantes da exposição organizada pela municipalidade são-bernardense, de parte dos objetos que foram utilizados em películas produzidas nos estúdios da Companhia Cinematográfica Vera Cruz, que deixou marcas indeléveis na filmografia nacional, porque, quando soube do evento, que durou apenas cinco dias, já tinha encerrado.
João Paulo de Oliveira
Diadema
<EM>
[20.TITNOTCOL]<COCYAN>Desaparecidos</CO>[/20.TITNOTCOL][27.CARTAS_TX]<EM>
<EM><CW-30><CS10.3>Lendo a reportagem sobre os desaparecidos <CF51>(Setecidades, dia 25)</CF>, com todo respeito aos familiares, e para lembrar mais alguns tantos outros – até para tornar a reportagem mais leve –, acrescento alguns nomes: Alexandre Pato, Daniel Alves, Hernanes, Liziero, Jucilei, do São Paulo; Dudu, Borja, Gustavo Scarpa, Marcos Rocha, Lucas Lima, do Palmeiras; o elenco inteiro do Corinthians, o mais fraco entre os paulistas no Brasileirão; Sasha, Cueva, Uribe, Derlis González, Bryan Ruiz, Victor Ferraz, Jean Mota, do Santos. Todos esses também sumiram. A diferença é que continuam ganhando polpudos salários e enganando muita gente, principalmente no Verdão. Time sem-vergonha, como diz a própria torcida, vestida de banana de pijama. [27.CARTAS_TX]<CW-30><CF51>(Esportes, dia 27)</CF></CW>[/27.CARTAS_TX]. Ridículo.</CS></CW>[/27.CARTAS_TX]
[28.ASSIN_CAR]Valdir Cobra Almeida
<EM>[/28.ASSIN_CAR][29.ASSIN_CID]Santo André[/29.ASSIN_CID]
 

Comentários


Veja Também


Como usar o 13º de forma consciente

 Artigo

É chegada a época do ano de muitas festas e confraternizações. Período em que muitos param para refletir e programar o próximo ano, momento de celebrar as conquistas e planejar os próximos desafios. É nesta época que, com a entrada do 13º salário, muitos bras...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar