Diarinho

Do que as plantas do mar se alimentam?


Os vegetais que existem nos mares e oceanos são seres autótrofos, ou seja, desenvolvem seu próprio alimento, uma vez que realizam a fotossíntese (processo no qual a energia do Sol passa por transformação química para ser transformada em energia). A partir de gás carbônico, água e luz solar, os vegetais marinhos produzem glicose e oxigênio. Portanto, a luz solar é fundamental para esses tipos de seres marinhos, assim como acontece com as plantas terrestres, que também fazem fotossíntese no cotidiano.

Essas plantas são divididas entre algas (de tamanhos visíveis a olho nu), microalgas (microscópicas) e gramas marinhas. Também existem aquelas de manguezais e marismas (espécie de pântano salgado), que possuem adaptações para viver em ecossistemas estuarinos (áreas costeiras, onde o mar se encontra com o rio). Essa vegetação pode viver presa a um substrato (mole como areia e argila, ou duro como as rochas) e é chamada de fitobentos, ou flutuando na coluna d’água, chamada de fitoplâncton. Cada grupo tem diferentes espécies.

FUNÇÕES - As plantas marinhas desempenham papel importante no planeta. Elas produzem alimento, energia e oxigênio para outros organismos que vivem nos mares e são essenciais para sustentar a vida desse ecossistema. Por vezes, acabam servindo como alimentação para certos peixes.

A vegetação marinha pode ser classificada como o verdadeiro ‘pulmão do mundo’, uma vez que produz cerca de 70% do oxigênio espalhado pelo planeta Terra. Além disso, algumas plantas podem ser usadas como lar, refúgio, área de alimentação e reprodução para alguns animais. 

CULINÁRIA - O consumo de algas entre os japoneses é milenar. São saudáveis para a saúde humana por possuírem proteínas, cálcio, ferro, vitaminas e sais minerais. As três algas mais consumidas são nori (usada para fazer o sushi), kombu (consumida fresca ou como aperitivo) e a wakame (presente na sopa de miso).  

Comentários


Veja Também


Do que as plantas do mar se alimentam?

Os vegetais que existem nos mares e oceanos são seres autótrofos, ou seja, desenvolvem seu próprio alimento, uma vez que realizam a fotossíntese (processo no qual a energia do Sol passa por transformação química para ser transformada em energia). A partir de gás carbônico, água e luz solar, os ve...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar