D+

Série brasileira da Netflix brinca com serviços de anjos na Terra


Um sistema de coordenação das ações de anjos diante da humanidade acaba de ser revelado. Não que seja alguma espécie de documentário religioso nem um filme investigativo sobre o tema. Essa ideia serve de base para Ninguém Tá Olhando, a nova série cômica brasileira original da Netflix. 

A produção, recém-chegada ao acervo do serviço de streaming, aposta no tom cômico para explorar as confusões vividas por Ulisses (interpretado por Victor Lamoglia), um angelus questionador que acredita que seu trabalho divino de ajudar os seres humanos vai além de respeitar certas regras estabelecidas sem muitas explicações. Seu caminho cruza os de Miriam (Kéfera Buchmann), Sandro (Leandro Ramos) e Richard (papel do rapper Projota), cada um com suas histórias e particularidades.

O seriado conta com oito episódio e é projeto escrito e dirigido por Daniel Rezende, diretor conhecido por comandar filmes como Bingo: O Rei das Manhãs e Turma da Mônica – Laços. Os capítulos brincam com as ações vividas por Ulisses e de que forma suas experiências podem mudar algumas coisas na Terra e no sistema angelical em que se sente deslocado. 

Comentários


Veja Também


Série brasileira da Netflix brinca com serviços de anjos na Terra

Um sistema de coordenação das ações de anjos diante da humanidade acaba de ser revelado. Não que seja alguma espécie de documentário religioso nem um filme investigativo sobre o tema. Essa ideia serve de base para Ninguém Tá Olhando, a nova série cômica brasileira original da Netflix. 

...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar