Esportes

Lewis Hamilton se diz contrário à construir circuito em Deodoro


Antecipadamente hexacampeão mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton chegou nesta quarta-feira ao Brasil e – depois de pegar muito trânsito, conforme ele mesmo disse – foi direto do aeroporto de Guarulhos para coletiva no Palácio Tangará, na Capital, na qual foi alvo de diversas perguntas relacionadas à sustentabilidade, sobretudo por conta da fase de vida atual que o piloto leva e faz questão de publicar nas redes sociais. E até por isso, quando alertado pelos jornalistas sobre o desmatamento que ocorreria em Deodoro para construção do futuro autódromo do Rio de Janeiro, bradou: “não quero correr em um local que arruinou área natural.”

“É a primeira vez que escuto falar sobre correr no Rio. Mas se vai derrubar árvores, não sou a favor. Vocês (brasileiros) têm um País tão lindo. (Organizadores) Não vão receber meu apoio, apesar de gostar muito do Rio de Janeiro, que é uma cidade fantástica”, declarou o britânico. “O governo pode fazer melhor uso do dinheiro. Ainda tem muita pobreza no Brasil. Usaria (a verba) em causa melhor, como educação, que é fundamental”, continuou ele.

Hamilton ainda defendeu a permanência da categoria em São Paulo. “É um circuito histórico. Sou das antigas, adoro Interlagos. Não acho que uma mudança é negativa, mas temos de garantir os clássicos e essa é uma das pistas clássicas, que significa muito para os paulistas. Me lembro de assistir o Ayrton (Senna) correndo”, recordou, citando seu principal ídolo no esporte.

Com o título garantido, o piloto afirmou que usará as corridas no Brasil e Abu Dhabi para “tentar fazer algo diferente visando o ano que vem”. “Serão corridas de teste, mas quero ganhar”, decretou o competir do carro 44, que rechaçou aposentar-se em breve. “Ano que vem vai ser mais disputado, o que me deixa animado”, concluiu.

Comentários


Veja Também


Lewis Hamilton se diz contrário à construir circuito em Deodoro

Antecipadamente hexacampeão mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton chegou nesta quarta-feira ao Brasil e – depois de pegar muito trânsito, conforme ele mesmo disse – foi direto do aeroporto de Guarulhos para coletiva no Palácio Tangará, na Capital, na qual foi alvo de diversas perguntas relacionada...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar