Cena Política

Lobo é comparado a Rubens Barrichello


Opositor ao governo do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), o vereador Sargento Lobo (SD) virou piada na sessão de terça-feira. Isso porque projeto de sua autoria vetando a instalação de radares móveis entrou na pauta. Acontece que desde 2017 o governo já proibiu o uso dos equipamentos nas vias da cidade. Governista, o vereador Professor Minhoca (PSDB), conhecido por sua irreverência, não perdeu a oportunidade e sugeriu ao colega de Legislativo a mudança de nome da proposta: “Tinha que ser o projeto Rubens Barrichello”. Piloto com maior número de corridas na Fórmula 1, o brasileiro ficou conhecido por ficar à sombra do heptacampeão mundial Michael Schumacher e, pelo País, se tornou sinônimo de atraso. Claro que Lobo reagiu, disparou contra o tucano, mas o estrago à sua imagem já estava feito.

Visita
Vereadores de São Caetano visitaram ontem o bispo dom Pedro Carlos Cipollini para agradecer os conselhos para que a cidade regressasse ao Consórcio Intermunicipal. A comitiva foi formada pelo presidente da Câmara, Pio Mielo (MDB), Mauricio Fernandes (DEM), Carlos Humberto Seraphim (DEM), Moacir Rubira (Republicanos) e pelo presidente do Comcipas (Conselho Muncipal de Cidadania e Participação Social), Elisio Peixoto. O grupo entregou cópia da lei que autoriza a volta do município ao colegiado regional.

Resposta
Ex-secretário de Segurança Alimentar de Mauá, Jardel Enzenberg entrou em contato com a coluna para dizer que sua saída do governo de Atila Jacomussi (PSB) se deu por motivos estritamente pessoais, sem briga com o chefe do Executivo. Ele rechaçou relação com Ricardinho da Enfermagem (PTB). “Afirmo ainda que permanecerei na Prefeitura, e aguardo indicação para outro local, mais compatível com os projetos que desejo desenvolver”, comentou Jardel. 

Comentários


Veja Também


Lobo é comparado a Rubens Barrichello

Opositor ao governo do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), o vereador Sargento Lobo (SD) virou piada na sessão de terça-feira. Isso porque projeto de sua autoria vetando a instalação de radares móveis entrou na pauta. Acontece que desde 2017 o governo já proibiu o uso dos equipamentos na...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar