Setecidades

Estado amplia carretas da mamografia e cria 0800 para agendamento


 O serviço estadual itinerante de oferta de mamografias, principal procedimento de detecção do câncer de mama, ganhou reforço. O governador João Doria (PSDB) e o secretário da Saúde do Estado, José Henrique Germann, anunciaram ontem a ampliação do Programa Mulheres de Peito, que passou a contar com oito carretas – eram quatro veículos – para percorrer os municípios e, também, callcenter para o agendamento do exame.

Serão atendidas 19 cidades neste mês, sendo três localizadas no Grande ABC: Diadema (4 a 16), Mauá (18 a 30) e Ribeirão Pires (4 a 16). “Queremos ampliar o acesso e incentivar as mulheres a realizarem exames de mamografia pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em todo o Estado”, destacou Germann.

Conforme o Estado, as carretas terão custo anual de R$ 18,4 milhões – R$ 2,3 milhões por unidade. Cada veículo é equipado, além do mamógrafo, com aparelho ultrassom, conversor de imagens analógicas em digitais, impressoras, antenas de satélite, computadores, mobiliários e sanitários.

Os exames são realizados de segunda a sexta-feira, das 9h à 18h, e, aos sábados, das 9h às 13h, exceto feriados. Para as mulheres de 50 a 69 anos, não há necessidade de pedido médico de mamografia para a realização do exame nas unidades móveis, basta levar RG e cartão SUS. Pacientes fora dessa faixa etária também poderão realizar os procedimentos, desde que tenham em mãos pedido médico emitido tanto pela rede pública quanto pela privada. Caso sejam detectadas alterações no exame ou suspeitas de câncer, a paciente será encaminhada a serviço de referência.

Outra novidade é que, no período de férias de verão – entre janeiro e fevereiro – haverá carretas no Litoral paulista. Além disso, a lógica de atendimento será aprimorada, sendo que em municípios menores a carreta atenderá por até sete dias e, em cidades maiores, por 15 dias ou mais.

Mulheres com idade entre 50 e 69 anos e que estão há mais de dois anos sem realizar mamografias podem marcar os exames sem necessidade de pedido médico, gratuitamente, pelo 0800-779-0000. O serviço telefônico está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Os exames não serão realizados nas carretas, e sim em um dos 200 serviços com mamógrafo do SUS paulista.

Comentários


Veja Também


Estado amplia carretas da mamografia e cria 0800 para agendamento

 O serviço estadual itinerante de oferta de mamografias, principal procedimento de detecção do câncer de mama, ganhou reforço. O governador João Doria (PSDB) e o secretário da Saúde do Estado, José Henrique Germann, anunciaram ontem a ampliação do Programa Mulheres de Peito, que passou a con...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar