Esportes

Fernando se torna réu por abuso sexual na ginástica artística


Fernando de Carvalho Lopes, o ex-técnico de ginástica artística, virou réu em ação judicial que corre na 2ª Vara Criminal de São Bernardo. Ele foi acusado pelo Ministério Público por abuso sexual contra quatro vítimas, sendo duas menores de idade.

A denúncia formal do MP foi apresentada à Justiça no dia 7 de agosto, em peça assinada pelo promotor Rogério Augusto de Almeida Leite. O caso está sob análise do juiz Édson Nakamatu. A informação foi revelada pelo site globoesporte.com e confirmada pela equipe do Diário.

Ex-técnico da Seleção Brasileira de ginástica artística e do Mesc (Movimento de Expansão Social Católica), de São Bernardo, Fernando foi denunciado por aproximadamente 40 crianças de abusos sexuais, em episódios que teriam ocorrido entre 1996 e 2016 (ano de Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro). Ele nega, mas foi banido do esporte pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) em março e condenado a pagar R$ 1,6 milhão.

O MP denunciou o ex-treinador em dois artigos do Código Penal: 271º-A (estupro de vulnerável) e 226º, inciso 2º, (agravante pela relação de poder em relação às vítimas). Se condenado, Fernando pode pegar pena de 54 anos a 150 anos – 37 anos e meio por vítima.

O promotor incluiu quatro vítimas na peça acusatória. Também arrolou outras dez como testemunhas, já que, pela lei, os crimes contra essas pessoas não são mais passíveis de processo.

Ao site globoesporte.com, a defesa de Fernando não quis se manifestar. Pela decisão judicial preliminar, ele está impedido de exercer a profissão de educador físico.

Em maio, durante audiência no Senado, Fernando rechaçou as acusações. “Fui treinador que trabalhou com rendimento. É impossível você agradar todo mundo. Com certeza causei mais descontentamentos do que satisfações. Muitos atletas procuraram vir treinar comigo, de outros Estados. Só que nunca fui técnico manso. Pelo contrário. Extremamente rígido. As crianças treinavam muitas vezes chorando, porque tinham que cumprir as tarefas. Criei muitos inimigos”, disse o ex-técnico, à ocasião. Atualmente ele trabalha como servidor público na Prefeitura de Diadema – é concursado. 

Comentários


Veja Também


Fernando se torna réu por abuso sexual na ginástica artística

Fernando de Carvalho Lopes, o ex-técnico de ginástica artística, virou réu em ação judicial que corre na 2ª Vara Criminal de São Bernardo. Ele foi acusado pelo Ministério Público por abuso sexual contra quatro vítimas, sendo duas menores de idade.

A denúncia formal do MP foi apresentada à...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar