Setecidades

Tecnologia será diferencial no combate ao crime em S.Bernardo


O governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura de São Bernardo inauguraram, ontem, o COI (Centro de Operações Integradas), no Jardim do Mar. A unidade é pioneira, dado que agrega forças da Polícia Militar, Polícia Civil e GCM (Guarda Civil Municipal) e integra diversas tecnologias do setor de inteligência da segurança pública estadual em endereço único. O objetivo é reforçar não apenas a segurança do município, mas também de toda a região, assegurou o prefeito Orlando Morando (PSDB). 

Dentre as ferramentas tecnológicas presentes no equipamento estão software para levantamento de dados, drone para operações de campo, lousa virtual para planejamento de operações a aparelho portátil integrado com sistema da Polícia Civil que possibilita a identificação de digitais, por exemplo. 

Governador do Estado, João Doria (PSDB) observou que o COI do município é a primeira unidade completa do Estado. “(São) Poucos passos entre a inteligência das polícias. A integração vai permitir uma ação mais eficiente e rápida da polícia”, apontou.

Conforme o delegado seccional de São Bernardo, Ronaldo Tossunian, outro diferencial é uma sala de situação voltada para o gerenciamento de crise com acesso a 673 câmeras instaladas em São Bernardo – 400 do trânsito e outras 273 do Detecta, sistema de monitoramento inteligente do governo do Estado para a segurança pública. “Toda a força de segurança e apoio estão centrados na discussão de ações e operações conjuntas”, assinalou.

“Este é o primeiro equipamento que integra as forças de segurança efetivamente. Elas já trabalhavam juntas, mas isso aqui (o COI) é o efetivo casamento entre as polícias”, afirmou Morando. O chefe do Executivo são-bernardense salientou, ainda, que a Prefeitura tem a “obrigação de ajudar na segurança pública”, mesmo que a lei determine que este setor é de responsabilidade estadual. “Os problemas estão na cidade e não no Palácio dos Bandeirantes. A segurança pública é um clamor da população e ninguém está imune”, completou. 

A deputada estadual e primeira-dama de São Bernardo Carla Morando (PSDB) salientou que a ocasião é motivo de comemoração, uma vez que a sinergia entre polícias é essencial para combater crimes que afligem os moradores. “É a realização de um sonho da população, que almeja poder andar na rua com tranquilidade.”

O prédio, de 1.900 metros quadrados, abriga o 6º Baep (Batalhão de Ações Especiais da Polícia), a primeira Deic (Delegacia Especializada de Investigações Criminais) e a GCM, além de duas unidades da Polícia Civil: a DPPI (Delegacia de Polícia de Proteção ao Idoso) e a Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes). O investimento somou R$ 3 milhões, sendo R$ 2 milhões do Estado e R$ 1 milhão da iniciativa privada. 

Município terá DDM 24 horas ‘muito em breve’, diz  

Atualmente, dez das 130 DDMs (Delegacias de Defesa da Mulher) do Estado funcionam 24 horas. No Grande ABC, nenhuma das quatro unidades – Santo André, São Bernardo, Diadema e Mauá – opera ininterruptamente. Contudo, o governador João Doria (PSDB) garantiu que a unidade de São Bernardo terá este formato “muito em breve”. 

O equipamento seria uma das 40 DDMs 24 horas que devem ser criadas até 2022 em todo Estado. Segundo Doria, a viabilização depende de profissionais, que já estão em treinamento. “Precisamos de policiais mulheres, porque a mulher que sofreu algum tipo de violência se sente mais confortável falando com outras mulheres”, explicou. 

Em abril, a SSP (Secretaria da Segurança Pública) afirmou ao Diário que a unidade andreense também é estudada para funcionar 24 horas.

A implementação em São Bernardo é um dos pleitos da deputada estadual Carla Morando (PSDB), já que é “essencial no combate à violência doméstica”.

Comentários


Veja Também


Tecnologia será diferencial no combate ao crime em S.Bernardo

O governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura de São Bernardo inauguraram, ontem, o COI (Centro de Operações Integradas), no Jardim do Mar. A unidade é pioneira, dado que agrega forças da Polícia Militar, Polícia Civil e GCM (Guarda Civil Municipal) e integra diversas tecnologias do setor de in...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar