Setecidades

Em S.Caetano, farmácia de alto custo atenderá 4.200 moradores


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), inaugurou ontem a FME (Farmácia de Medicamentos Especializados) no Atende Fácil, no Centro da cidade, destinada a atender 4.200 moradores por mês. A unidade é a segunda do Grande ABC a dispensar remédios de alto custo fora das dependências do Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André – a primeira foi aberta em maio deste ano no Poupatempo de São Bernardo dentro de processo de descentralização do serviço.

Para criação do posto de São Caetano foram investidos R$ 150 mil na adaptação do primeiro andar do Atende Fácil, incluindo compra de mobiliário e equipamentos para operação do serviço. Além disso, o Estado repassará à Prefeitura R$ 312 mil, em 12 parcelas, para manutenção. “A Farmácia de Alto Custo integra ciclo de assistência farmacêutica, que é um dos pilares da saúde. Além disso, rastreamos toda compra farmacêutica do município, desde o centro de distribuição até o usuário que recebe”, observa o prefeito José Auricchio Júnior (PSDB).

Foram instalados oito guichês no local. Os atendimentos foram iniciados ontem. Os pacientes poderão protocolar suas solicitações iniciais e pedidos de renovação para o serviço no posto, que funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h e, aos sábados, das 8h às 12h. 

Aqueles que já estão em atendimento no Hospital Mário Covas deverão concluir a retirada no posto andreense e só depois migrar para a farmácia de São Caetano. A expectativa é a de que, até dezembro, 100% dos pacientes já estejam em atendimento na própria cidade.

Doria ressaltou que o objetivo da descentralização da farmácia de alto custo é atender aqueles que precisam se dirigir a outras cidades mensalmente para retirar o medicamento. “Com essa farmácia, (a entrega) será de forma rápida e precisa, com mais conforto. É obrigação do Estado oferecer a essas pessoas uma qualidade de vida melhor”, pontua o governador.

BENEFÍCIOS

Aposentada por invalidez, Daniela Fernandes de Souza, 45 anos, retira medicamento para esclerose múltipla há 11 anos na farmácia do Hospital Mário Covas. Ela acredita que a abertura do posto em São Caetano facilitará sua vida. “Da última vez que fui receber o remédio em Santo André já agendaram a próxima retirada para essa unidade. Acredito que só trará benefícios para nós, que precisamos sempre nos deslocar para outro município.”

Devido às dificuldades com o deslocamento até Santo André, a também aposentada Beta Moreira, 72, optou por comprar o medicamento anticonvulsionante que toma todos os dias (custa R$ 60). Agora, pretende economizar com a possibilidade de retirar o remédio perto de casa. “Será muito mais fácil.”

Processo visa diminuir tempo de espera em posto andreense

A implantação de posto para entrega de medicamentos de alto custo no Centro de São Caetano é a segunda etapa do projeto de descentralização do serviço até então ofertado apenas no Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André. O processo visa diminuir a superlotação da até então única unidade na região, onde os pacientes aguardam até três horas pelo atendimento. 

Antiga demanda do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC junto ao governo estadual, o processo teve início no fim de maio pela abertura de posto no Poupatempo de São Bernardo, após oito anos de discussões. No local, são atendidas 12 mil pessoas por mês.

A próxima etapa da expansão do serviço prevê a distribuição de medicamentos de alto custo no Poupatempo andreense (para atender também à população de Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra). No entanto, não há prazos.

Até maio, a farmácia do Hospital Mário Covas contava com 42 mil pacientes cadastrados, número que caiu para 28 mil pessoas. 

Comentários


Veja Também


Em S.Caetano, farmácia de alto custo atenderá 4.200 moradores

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), inaugurou ontem a FME (Farmácia de Medicamentos Especializados) no Atende Fácil, no Centro da cidade, destinada a atender 4.200 moradores por mês. A unidade é a segunda do Grande ABC a dispensar remédios de alto custo fora das dependências do H...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar