Política

Eduardo Leite e Willians recuam e dão apoio a Bete


Os vereadores Eduardo Leite e Willians Bezerra, do PT de Santo André, recuaram e decidiram declarar apoio à pré-candidatura da também parlamentar Bete Siraque na disputa interna de quem irá encabeçar a chapa majoritária do partido à Prefeitura na eleição de 2020. Diante das desistências, Bete, hoje no segundo mandato na Câmara, ganha força na briga para receber a indicação da legenda – que aprovou no sábado calendário para inscrições ao projeto próprio, entre os dias 1º e 15 de outubro. O cenário atual contabiliza apenas Bete e o militante Erick Eloi.

Willians anunciou a decisão no sábado, durante a reunião do diretório. Já Eduardo, principal nome cotado para enfrentar o desafio na sucessão de Paulo Serra (PSDB), confirmou expectativas de bastidores e afirmou, ao Diário, sua retirada do páreo. “Sempre tive desejo de governar Santo André e colocar ideias em prática, mas desta vez não consegui construir consenso no partido. Tive certa dificuldade e resistência do meu grupo e na família em relação ao atual momento, que consideram que não é (o adequado) para dar esse passo. Por essa razão, no ano que vem, vou disputar a reeleição. Pretendo contribuir no Legislativo.”

Eduardo alegou que sempre falou em candidatura que pudesse viabilizar a unidade na legenda, reforçando que Bete possui grande potencial neste sentido. “Temos que buscar nome com mais facilidade de encontrar um consenso para garantir que a gente não precise entrar numa prévia, pois, em todas as vezes (1992 e 2008), foi bastante traumática. E teremos eleição complexa em 2020. Acredito que a Bete tenha maior facilidade para alcançar essa unidade e sairmos fortalecidos. Do ponto de vista estratégico, é o melhor nome, sem desmerecer o Erick”, pontuou. Ele relembrou ainda a candidatura, sem sucesso, a deputado federal em 2018. “Não tive a votação que eu esperava nem quantidade de apoio suficiente para ter outro resultado.” Há um ano, registrou 22,6 mil votos.

A proposta é defender que, dentro do panorama colocado, Bete é o quadro mais competitivo. O Diário apurou que Eduardo e Willians devem iniciar trabalho de convencimento junto à bancada – além da própria Bete, a ala é composta pelos vereadores Alemão Duarte e Luiz Alberto, que defendem Erick. Outros grupos majoritários do PT tendem a procurar o militante e empresário para tentar dissuadi-lo da ideia, sem a necessidade da formalização de concorrência interna, principalmente diante de cenário ainda de desgaste da sigla.

Willians decidiu pela busca da reeleição e se colocou à disposição para construir a candidatura majoritária. Segundo ele, a direção e a militância possuem maturidade o suficiente para definir os rumos de maneira consensual. “Santo André e o PT têm história e a vereadora Bete tem acúmulo de dois mandatos, além da experiência no Executivo. Sua pré-candidatura representa um PT atual na luta dos direitos dos trabalhadores, na reconquista dos direitos sociais, além da capacidade de defender o legado do partido na cidade.”

Comentários


Veja Também


Eduardo Leite e Willians recuam e dão apoio a Bete

Os vereadores Eduardo Leite e Willians Bezerra, do PT de Santo André, recuaram e decidiram declarar apoio à pré-candidatura da também parlamentar Bete Siraque na disputa interna de quem irá encabeçar a chapa majoritária do partido à Prefeitura na eleição de 2020. Diante das desistências, Bete, ho...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar