Esportes

EC São Bernardo não sai do zero diante do XV no 1º de Maio


O medo de perder tirou de EC São Bernardo e XV de Piracicaba a chance de ganhar. Nitidamente receosos, sem se expor muito, os times não saíram do 0 a 0, ontem, no 1º de Maio, pela primeira rodada da terceira fase da Copa Paulista. O outro jogo do grupo será amanhã, às 10h, quando o Linense recebe o Comercial.

Sobrou disposição às equipes. As trocas de passes tinham intensidade, mas quando chegavam na frente da área, os times pareciam não saber o que fazer. Neste cenário, os contra-ataques eram a melhor alternativa para tentar surpreender a recomposição e chegar em maioria na área. O Cachorrão conseguiu um, teve cinco atacantes contra dois zagueiros, mas demorou na troca de passes e desperdiçou a oportunidade de marcar.

Com poucas emoções, sobrou tempo até para a arbitragem perceber algo bastante inusitado. O lateral-direito Robertinho, do XV, que vestia a camisa 14, entrou no primeiro tempo no lugar do lesionado Jefferson Feijão, que usava a 2. No intervalo, porém, eles trocaram de uniforme e Robertinho jogou cinco minutos com o número 2 às costas. O trio de arbitragem percebeu, obrigou que fosse destrocado o uniforme e advertiu o jogador do XV com cartão amarelo por conduta antidesportiva. Esta, aliás, foi a única advertência durante toda a partida.

Mesmo com os gritos dos treinadores ao lado do campo, os times seguiam controlando o jogo de intermediária a intermediária, transformando os goleiros em meros espectadores. Com a falta de iniciativa, o placar não podia ser outro.

Renato Peixe elogia time do XV e diz que empate foi o resultado mais justo

O técnico Renato Peixe, do EC São Bernardo, concordou que faltou emoção na partida e elogiou o elenco do XV de Piracicaba, que manteve boa parte do time que chegou às finais da Série A-2 neste ano.

“Acho que o resultado acabou sendo justo. Não tivemos grandes chances de gol. Enfrentamos equipe bem qualificada, que manteve a base da Série A-2, mas soubemos jogar de igual para igual. O mais justo foi o empate mesmo”, avaliou o técnico são-bernardense.

Peixe comemorou ter dois dias a mais de preparação para o jogo contra o Comercial, que será quarta-feira – o time de Ribeirão Preto joga domingo, contra o Linense. “Temos tempo a mais para corrigir algumas coisas. Isso é uma vantagem, principalmente para descansar aos jogadores”, assumiu. 

Comentários


Veja Também


EC São Bernardo não sai do zero diante do XV no 1º de Maio

O medo de perder tirou de EC São Bernardo e XV de Piracicaba a chance de ganhar. Nitidamente receosos, sem se expor muito, os times não saíram do 0 a 0, ontem, no 1º de Maio, pela primeira rodada da terceira fase da Copa Paulista. O outro jogo do grupo será amanhã, às 10h, quando o Linense recebe...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar