Setecidades

Desafio de Redação leva reflexão sobre preconceitos para estudantes


 A 13ª edição do Desafio de Redação, promovida pelo Diário em parceria com a USCS (Universidade Municipal de São Caetano), desperta reflexões de jovens sobre aspectos do dia a dia na região para serem melhorados nos próximos anos. A partir do tema <CF51>A Região Que Eu Quero em 2030</CF>, alunos do Colégio Renil, no Centro de Mauá, escreveram, ontem, sobre discriminação, sustentabilidade e problemas em seus bairros.

“Para este ano, todos os docentes trabalharam com os alunos formas diferentes de analisarem o tema. Os professores de geografia, história e português, por exemplo, desenvolveram aulas relacionando a matéria, mas puxando um gancho que servia de treino para o desafio”, comenta o coordenador pedagógico do fundamental 2 (do 6° ao 9° anos), Carlos Antônio Rodrigues.

Aluno do 7° ano, Arthur dos Santos Barbosa, 13 anos, disse que aproveitou o Desafio de Redação para debater sobre os preconceitos ainda existentes em pleno século XXI. “Além de aproveitar o momento para estudar um pouco sobre o tema, quis elaborar uma redação relatando as discriminações que ainda existem em qualquer lugar, como em muitas escolas, bairros e grupos sociais. É um tema atual e merece ser discutido”, destacou.

Com pensamento semelhante, a aluna do 8° ano Malu Cumaru de Mattos, 13, abordou os problemas sociais de crianças das comunidades LGTBs (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Drag queen, Pansexuais e Transexuais). “Eu sempre fui muito envolvidade com esse assunto e agora tive a oportunidade de descrever melhor sobre esse cenário. Pontuei também a possível discussão de gêneros nas escolas e em como zelar pela dignidade quando necessário. Ainda é um tema abstrato”, disse.

A professora de português do fundamental 2 Fabiana Agnes Ribeiro observou que em sua matéria foi trabalhada a região em diversos aspectos. “O tema região conseguimos discutir no sentido Sudeste, dividido em Estados, e o nosso Grande ABC. Como os alunos visualizam esses problemas de hoje no ano de 2030”, comentou.

O Desafio de Redação do Diário é patrocinado pelo Cemitério Vale dos Pinheirais, de Mauá, e pelo Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental), de São Caetano.

Comentários


Veja Também


Desafio de Redação leva reflexão sobre preconceitos para estudantes

 A 13ª edição do Desafio de Redação, promovida pelo Diário em parceria com a USCS (Universidade Municipal de São Caetano), desperta reflexões de jovens sobre aspectos do dia a dia na região para serem melhorados nos próximos anos. A partir do tema <CF51>A Região Que Eu...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar