D+

Reta final antes do sonhado vestibular


Livros, revisões e poucos dias para realizar as inscrições aos principais vestibulares do País. É uma verdadeira maratona de estudos misturada com os questionamentos frente à carreira escolhida. “(A proximidade com as provas) É um misto de emoções. Os professores do cursinho (preparatório) e da própria escola nos instruem muito bem a manter a calma e realizar atividades para controlar nossa ansiedade, como exercícios de respiração e até mesmo meditação. Entretanto, seria mentira dizer que não possuo nem mesmo um friozinho na barriga nessa etapa final”, descreve Estela Kato, 17 anos, de Santo André. A vestibulanda prestará para biomedicina. Cursando o 3º ano do ensino médio, a jovem conta que em 2018 fez a prova como treineira. 

O que não falta é disposição: pela manhã Estela estuda na escola regular, à tarde frequenta cursinho preparatório para vestibulares e ao chegar em casa ela dá continuidade com os livros por mais três horas.

Aos fins de semana a garota reserva as manhãs para revisar conteúdo e fazer exercícios e, à tarde, se dedica a simulados. “Procurei manter o mesmo ritmo, porém, com um foco maior. Tento ir mais ao plantão de dúvidas disponibilizado e também seguir padrão mais rígido da realização e entrega de redações como também da elaboração de simulados”, conclui.

Para o veterano andreense Artur Negrini Vicente, 23, este ano terá um gostinho diferente. “Irei prestar medicina, mas de 2014 a julho deste ano cursei engenharia ambiental. Por isso, creio que minha experiência em vestibulares passados e minha graduação têm contribuído bastante para manter a calma durante os estudos. Acredito que o psicológico conta bastante na hora da prova.”

No total serão sete universidades nas quais Artur prestará vestibular. 

Geralmente ele dá início aos estudos às 10h, quando vai para o cursinho fazer provas de vestibulares anteriores. À tarde assiste às aulas e, a noite, tenta relaxar e assistir/ler algo que também agregue conteúdo de qualidade. Apesar da rotina apertada, as sete ou as oito horas de sono, a qualidade na alimentação e os exercícios físicos estão incluídos na rotina. “Acredito que são parte fundamental da preparação.”

“Estamos a menos de dois meses para a prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), cuja nota é incorporada aos vestibulares do País, auxiliando no corte. Por isso não adianta fazer loucura. Quem frequenta cursinho deve ir às aulas, porque se engana quem acha que em casa aprenderá mais”, aconselha o diretor de vestibulares Anglo Paulo Roberto De Francisco. 

Segundo ele, este não é o momento de fazer loucuras. “De nada adianta levar o corpo à exaustão física, não dormir ou comer direito. Porque esse cansaço e a ansiedade serão prejudiciais no dia do teste. A pessoa precisa aproveitar esses últimos dias para refazer provas dos anos anteriores, porque elas sempre seguem uma lógica”, abrevia. 

INSCRIÇÕES

Ainda dá tempo de se inscrever para alguns dos principais vestibulares do Estado de São Paulo. Exemplo é a Fuvest, prova mais disputada do País. A USP segue com inscrição até sexta-feira (prova dia 24 de novembro). Já a Faculdades de Facamp segue até dia 24 (prova sendo aplicada dia 28). A PUC (Pontifícia Universidade Católica) fica com inscrições abertas até dia 7 de outubro, assim como a Unesp (Universidade Estadual Paulista), seguida pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), até dia 8. O levantamento considera apenas as datas das primeiras fases e taxas já sem desconto.

Comentários


Veja Também


Reta final antes do sonhado vestibular

Livros, revisões e poucos dias para realizar as inscrições aos principais vestibulares do País. É uma verdadeira maratona de estudos misturada com os questionamentos frente à carreira escolhida. “(A proximidade com as provas) É um misto de emoções. Os professores do cursinho (preparatório) e da p...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar