Palavra do Leitor

Como a beleza pode levar ao suicídio


Artigo

Setembro é o mês dedicado à valorização da vida e à prevenção do suicídio. Assunto preocupante que deve ser levado a sério por todos. Muitas vezes um amigo, um parente, alguém muito próximo que convive com você diariamente pode demonstrar ser divertido, estar bem, mas pode passar por problemas que desconhecemos. E, pasmem, na maioria das vezes estão enfrentando momentos difíceis, sozinhos, e não percebemos.

Dados apontam que mais de 18 milhões de pessoas convivem com a tal ansiedade. Estudo da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), informa que os índices de suicídio estão diminuindo no mundo, porém, no Brasil aumentaram 24% nos últimos anos. E algo mais preocupante ainda, a taxa de crescimento envolve mortes de jovens dos 10 aos 19 anos.

É muito comum vermos cada vez mais jovens preocupados com a aparência, com status e com a necessidade de mostrar vida feliz e estável nas redes sociais. A procura por corpo e rosto perfeitos acaba sendo meta de vida nos dias de hoje. Quantas pessoas do seu convívio que você já ouviu dizer: ‘Quero ser magra’, ‘queria nariz igual ao da atriz’, ‘quero emagrecer’, ‘queria meu cabelo assim’, e vários outros discursos como esses no dia a dia?!

Em rede de embelezamento do olhar e da face, frequentemente lida-se com situações parecidas, onde clientes chegam com fotos de atrizes e influenciadoras, querendo as sobrancelhas idênticas, por exemplo. Porém, não é possível, afinal, cada rosto tem seu desenho e sua própria beleza.

Percebe-se excessiva imposição a padrão de beleza por essa geração. A mídia, principalmente a internet, sempre pregou o que é bonito, o que é melhor, e se você não faz parte desse modelo, você está fora, não serve, ou você é inferior aos demais. Há estudos que comprovam que na área profissional também é afetada por todo essa exigência. Muitas esteticistas competentes também sofrem esse tipo de preconceito por não fazer parte do padrão ‘magro’.
<EM>E todo esse bombardeio pelo padrão da beleza gera a dificuldade de lidar com a vida real, o que pode acarretar desde quadros de ansiedade à depressão, podendo levar até ao suicídio. O que precisamos fazer, principalmente os da área da beleza, é incentivar as pessoas a se aceitarem como elas são, dar importância à beleza natural. É possível e importante ter a autoestima elevada do jeito que somos, das mais diversas formas que cada ser humano é. Jamais transforme-se em refém do padrão de beleza que nos é imposto!

Lembrem-se: tenham empatia com você mesmo e com o próximo.

Luzia Costa é empresária do ramo de beleza e estética, fundadora da empresa Sóbrancelhas.

Palavra do Leitor

Inadmissível
Dia 1º de julho foram várias complicações na Rua Piracicaba, bairro Valparaíso, em Santo André, devido árvores sem condições, nas quais fios de alta-tensão caíram, podendo ocasionar acidentes fatais, conforme informação dos bombeiros, que interditaram. Temos protocolos notificando o prefeito Paulo Serra e a Enel, porque tem que ser retirada urgentemente árvore em frente ao número 480, pois, quando venta, tem um poste em que a fiação está queimando aparelhos do prédio. Inadmissível o descaso e os riscos que os moradores estão correndo.Ninguém faz nada nem dá atenção, até acontecer uma tragédia. Lamentável essa situação. Pagamos impostos, taxas. Até quando? Por favor! Tem que parar de empurra-empurra e eliminar urgentemente essa situação. No aguardo das providências.
Reginaldo Santos
Santo André

Correios
Mais uma greve nos Correios, empresa que já encheu os brasileiros de orgulho e que de alguns anos para ca é motivo de raiva e decepção. Falo isso há anos, só existem duas opções: ou privatiza ou quebra o monopólio. Chega de a população ficar à mercê de sindicalistas.
Moyses Cheid Junior
São Bernardo

Atila Jacomussi
É simplesmente inacreditável que Atila Jacomussi, prefeito cassado pela atual Câmara de Vereadores, conseguiu, por meio de liminar obtida no TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), a volta ao cargo, para o qual foi eleito em 2016. Parece que a reportagem neste Diário (Política, dia 10) seja brincadeira, ou trote. Como pode um político que esteve preso, a pedido da Polícia Federal, dentro da Operação Prato Feito, sob a acusação de desvio de dinheiro público nos contratos de merenda, ainda ser inocentado parcialmente pelo Judiciário. Afinal, a decisão do TJ-SP foi apenas a concessão de medida liminar que pode ser cassada se passar pelas mãos de juiz rígido e defensor da moralidade. No meu entender, como leigo em questões de direito, como a 4ª Câmara de Direito Público acatou pedido da defesa e anulou o impeachment de Atila por vacância da função? O prefeito não se ausentou do cargo por motivos de saúde, viagens ou outros problemas. Sua ausência ocorreu porque ele estava encarcerado, envergonhando os milhares de eleitores que nele depositaram seus votos.

Arlindo Ligeirinho Ribeiro
Diadema

Segredos
Um dos segredos da vida é economizar pensando no futuro, digamos 10% do salário. Não importa se o salário equivale a um ou 40 salários mínimos. Em uma reunião do MP (Ministério Público) de Minas, Leonardo Azevedo dos Santos, procurador da Justiça, reclamou do ‘miserê’ de R$ 24 mil líquido e vai reduzir os gastos para não virar pedinte. Leonardo, agradeça a Deus. Atente que mais de 50% dos brasileiros com carteira assinada recebem o líquido de R$ 920, trabalham mais de dois anos para ganhar o que você ganha em um mês.
Humberto Schuwartz Soares
Vila Velha (ES)

Bolsonaro faz escola – 1
Infelizmente, saímos da era corrupta de Lula, com o País quebrado, e, agora, temos presidente que, entre muitos outros absurdos, deseja armar a população e ainda dar salvo-conduto a policiais que matarem supostos criminosos, e até inocentes, como se na Constituição a lei não foi feita para todos. E o presidente, neste seu gesto irresponsável, faz escola, já que um deputado estadual do Espírito Santo, do seu próprio partido, o PSL, o militar Capitão Assumção, na cara dura e à luz do dia, oferece R$ 10 mil para literal justiceiro matar suspeito de assassinato. Ora, se não colocarem corretivo neste governo, não sei onde esta Nação vai parar.
Paulo Panossian
São Carlos (SP)

Bolsonaro faz escola – 2
Deputado do PSL em Vitória, no Espírito Santo, oferece dinheiro para quem matar o bandido que assassinou jovem na maior frieza. Claro, todos os defensores dos direitos humanos caíram ‘de pau’ nele, afinal, vivemos em democracia e todos têm direito à vida. Mas fica pequena dúvida de minha parte, por ser leigo e não ser expert em nada: e a família da moça, quem se preocupou com isso? A Anistia Internacional ou combativo e honesto Psol? Ou ninguém? Essa é a dúvida que fica no ar.
Zureia Baruch Jr.
Capital
 

Comentários


Veja Também


Como a beleza pode levar ao suicídio

Artigo

Setembro é o mês dedicado à valorização da vida e à prevenção do suicídio. Assunto preocupante que deve ser levado a sério por todos. Muitas vezes um amigo, um parente, alguém muito próximo que convive com você diariamente pode demonstrar ser divertido, estar bem, ...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar