Turismo

Curitiba: uma cidade a cada esquina


Sabe os destinos que sempre oferecem algo novo toda vez que a gente volta? Curitiba é assim. A cada viagem um cantinho diferente a ser explorado. Quem vai a primeira vez se impressiona com a limpeza, a agilidade do transporte público (como os ônibus biarticulados) e as dezenas de opções de lazer para todos os gostos, especialmente para os que curtem grandes metrópoles.

De acordo com a Pesquisa de Demanda Turística, feita na cidade em 2018 pelo Instituto Municipal de Turismo, o número de viagens motivadas por lazer dobrou em Curitiba nos últimos seis anos. Em 2018, 1,15 milhão de pessoas estiveram lá a passeio ou descanso. Em 2012, foram 584,5 mil. Entre os principais motivos é que a cidade cada vez mais faz parte do calendário de grandes eventos, com destaque para o Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais (https://natal.curitiba.pr.gov.br).

A aposta este ano é a marca Curta Curitiba – Uma Cidade a Cada Esquina. E seus 432 km² oferecem muita coisa interessante para visitar. O Jardim Botânico, sem dúvidas, deve estar no topo da lista. Inaugurado em 1991, criado à imagem dos jardins franceses, estende seu tapete de flores aos visitantes logo na entrada. A estufa, em estrutura metálica, abriga espécies botânicas que são referência nacional, além de uma fonte d’água. A atração Jardim das Sensações convida as pessoas a colocarem venda e sentir as plantas.

Na linha natureza, outros dois endereços fazem sucesso em Curitiba. Os parques Tanguá e Tingui. O Tanguá tem um mirante concorrido, especialmente no pôr do sol. É possível atravessar pedreira por túnel de 45 metros, em uma passarela sobre a água. Mas é preciso agendar a visita (visitaguiadatunel@smma.curitiba.pr.gov.br). O Tingui é o maior parque linear do Brasil implantado às margens do Rio Barigüi. Valoriza a herança indígena e também faz homenagem aos imigrantes ucranianos.

Não deixe de conhecer a impressionante Ópera de Arame/Pedreira. Foi inaugurada em 1992 e tem capacidade para 1.572 espectadores. Faz parte do Parque das Pedreiras juntamente com o Espaço Cultural Paulo Leminski. Tem ainda o MON (Museu Oscar Niemeyer), que abriga referenciais importantes da produção artística nacional e internacional, com 7.000 obras nas áreas de artes visuais, arquitetura e design. É considerado o maior museu de arte da América Latina.

Delícias fresquinhas e naturais fazem sucesso por lá
Muito fácil levantar lista das dezenas de opções de bares, restaurantes, churrascarias, docerias e todos os outros estabelecimentos, como as ‘panis’ (ou padarias) que mais bombam em Curitiba. Podemos citar aqui locais como o Domo Café Bistrô Vegetariano (Rua Acre, 655) , com comida divina, a tradicional Costelão do Gaúcho (Rua Dr. Júlio César Ribeiro de Souza, 627), a Cantina e Pizzaria Baviera (Alameda Augusto Stellfeld, 18), de comida italiana, a Ópera Arte (Rua João Gava, 920), dentro da Ópera de Arame, além das diversas opções servidas dentro do Mercado Municipal de Curitiba (Avenida Sete de Setembro, 1.865). O local foi fundado em 2 de agosto de 1958 e foi o primeiro a criar o setor de orgânicos no Brasil dentro de um mercado.

Por falar em produtos orgânicos, saudáveis, naturais e também cheios de sabor, a dica é visitar a Maçã Padaria Artesanal Brasileira. São duas lojas – Rua Prof. Sebastião Paraná, 195, e Fernando Amaro, 802B – que vendem, entre outras guloseimas, brioches, pizzas, bolinhos, lanches e, principalmente, pães feitos com ingredientes orgânicos e fermentação natural. Eles, inclusive, criaram um pão de 7 quilos.

Os sócios Gustavo Alberge e Lucas Chan criaram o negócio depois de aprender tudo sobre o assunto em viagem pela Europa. “Trabalhamos em fazendas orgânicas e observando a cadeia produtiva, enxergamos algo bem positivo. Quem nos visita e come na nossa mesa tem contato com o produtos locais, com insumos aqui do Paraná, em um trabalho totalmente artesanal”, explica Alberge. Realmente o local está sempre cheio. Todo mundo sai com um pacotinho com produtos ainda fresquinhos a toda hora.

Comentários


Veja Também


Curitiba: uma cidade a cada esquina

Sabe os destinos que sempre oferecem algo novo toda vez que a gente volta? Curitiba é assim. A cada viagem um cantinho diferente a ser explorado. Quem vai a primeira vez se impressiona com a limpeza, a agilidade do transporte público (como os ônibus biarticulados) e as dezenas de opções de lazer...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar