Diarinho

Terra passa do limite


A Terra está ‘no vermelho’ até o fim desta temporada. O consumo da humanidade sobre o planeta é tão grande que, desde segunda-feira (29), ultrapassamos o limite do uso sustentável de recursos naturais, a exemplos de água, solo, fauna, vida animal e plantas em geral. Tudo o que está sendo feito desde então gera desgaste que não será possível ser regenerado.

Essa análise é elaborada pela organização internacional Global Footprint Network, que realiza o estudo ecológico desde 1970. Foi nessa época que assunto começou a ser discutido e se percebeu a deficiência de elementos da natureza essenciais para o consumo dos humanos – mais alto do que o necessário.

Os números mostram que, para manter o padrão atual da sociedade mundial, seria necessário 75% de uma novo planeta como o existente. Casos de desflorestação, erosão dos solos, aumento de áreas de pesca e ampliação de poluição no ar são alguns casos que complicam o cenário.

A data da exaustão de reservas naturais é conhecida como Dia da Sobrecarga da Terra, ocorrendo em diferentes momentos ao longo do tempo. Em 2018, ela caiu em 1º de agosto (três dias antes do que em 2019), com este ano tendo sido o mais cedo da série.  

Comentários


Veja Também


Terra passa do limite

A Terra está ‘no vermelho’ até o fim desta temporada. O consumo da humanidade sobre o planeta é tão grande que, desde segunda-feira (29), ultrapassamos o limite do uso sustentável de recursos naturais, a exemplos de água, solo, fauna, vida animal e plantas em geral. Tudo o que está sendo feito de...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar