Cultura & Lazer

União nos palcos e ruas


Os belíssimos movimentos corporais promovidos pelo Festival ABCDança começam a ser desenhados a partir de hoje na região. Trata-se da 14ª edição do evento que, desta vez, além de valorizar os artistas locais, abriu edital para dançarinos de todo o País. Em parceria com o Sesc, ele passará por quatro das sete cidades do Grande ABC, e seguirá até dia 11, com programação de dança em seus múltiplos estilos, envolvendo espetáculos, intervenções e workshops.

A curadora do Festival, Ana Botosso, destaca a participação de mais de 200 dançarinos. “A ideia do festival se mantém a mesma: incentivar e incorporar a programação de dança da região, mas, desta vez, com a participação de artistas convidados”, ressalta. A primeira apresentação, acrescenta, será a do Grupo Cena 11, de Florianópolis, com Protocolo Elefante, hoje, às 20h, no Teatro Clara Nunes (Rua Graciosa, 300), em Diadema. Na cidade também haverá espetáculos no Centro Cultural Diadema, Praça da Moça e Centro Cultural Serraria.

Entre os artistas estão Marcos Abranches & Cia (Canto dos Malditos), Grupo Grua (Corpos de Passagem), Cia. Fragmento de Dança (Dança para Camille), Projeto Dellas (Dellas), Grupo Três em Cena (Desvios Tático-estratégicos para Sobreviver à Vida Urbana), Cia. Gente (Fio do Meio), Cia. Fankama Obi (Kodon), Caio Zanuto (Dança Parkour Rabisco), entre outros.

Os eventos serão realizados também no Sesc Santo André (que recebe a Companhia de Danças de Diadema no encerramento, dia 11, com Força Fluída) e Escola Livre de Dança de Santo André. As atividades ainda passarão por São Caetano, no Sesc da cidade, Fundação das Artes e Avenida Kennedy. Em São Bernardo, será na Câmara de Cultura Antonino Assumpção e nos teatros Lauro Gomes e Abílio Pereira.

“São muito interessantes as performances na rua, em praça pública, escadarias, em ponto de ônibus, porque dialoga diretamente com as pessoas que estão passando, incentiva essa comunicação, vai além do teatro”, ressalta Ana.

E, no último fim de semana, está programada, pelo terceiro ano consecutivo, a mostra Ivonice Satie, no Sesc Santo André, em homenagem à fundadora da Companhia de Danças de Diadema, que contempla grupos independentes, exclusivamente da região, que apresentam intervenções curtas. “Esta atividade é para incentivar o grupo que está começando, estudantes, núcleos de projetos sociais, é quase experimental”, finaliza a organizadora.

A entrada nos espetáculos que compõem o festival é gratuita e a programação completa está em www.ciadedancas.apbd.org.br. 

Comentários


Veja Também


União nos palcos e ruas

Os belíssimos movimentos corporais promovidos pelo Festival ABCDança começam a ser desenhados a partir de hoje na região. Trata-se da 14ª edição do evento que, desta vez, além de valorizar os artistas locais, abriu edital para dançarinos de todo o País. Em parceria com o Sesc, ele passará por qua...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar