Cultura & Lazer

Musical reconta a vida do Gonzaguinha


A sua vida foi curta, mas o legado infinito. Luiz Gonzaga do Nascimento Júnior partiu com apenas 45 anos, em razão de acidente de trânsito, mas sua voz ainda ecoa no na música popular brasileira. E grande parte de suas canções poderão ser ouvidas – e sentidas – hoje e amanhã no musical Gonzaguinha: O Eterno Aprendiz, no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo. O texto é de Gildes Bezerra e a direção de Breno Carvalho.

No palco, o ator Rogério Silvestre dá vida protagonista, interpretando um texto poético que passeia por momentos marcantes da vida do cantor e compositor carioca como a infância no Morro de São Carlos, no Rio de Janeiro, os primeiros passos na carreira artística, os embates com a ditadura militar e a relação conflituosa com o pai, o rei do Baião, Gonzagão.

“Essas músicas são premiadas pelo texto que vai falando desde o seu nascimento até o dia da sua morte, de uma forma leve, às vezes descontraída, mas com muita emoção. O bacana do musical é que todo mundo que assiste sai com alegria de viver, com vontade de gritar, curtir a vida. É um trabalho que levanta o astral e também garante grande emoção”, garante Silvestre, que esteve em cartaz com ele no Rio e foi assistido por mais de 25 mil pessoas.

O espetáculo conta com 16 canções assinadas por Gonzaguinha que são apresentadas pelo protagonista, mais dois cantores e seis músicos, entre elas Explode Coração, Recado, Começaria Tudo Outra Vez, Moleque, Sangrando, O Que é o Que é?, Ponto de Interrogação, Eu Apenas Queria Que Você Soubesse, Com a Perna no Mundo, Grito de Alerta, De Volta ao Começo, Palavras, É, Diga Lá, Coração, Espere por Mim, Morena e Vamos a Luta.

Estes sucessos são uma mistura de xote, samba, baião e música romântica e já foram gravados pelos maiores nomes da MPB como Maria Bethânia, Simone, Joanna, Zizi Possi, Raimundo Fagner, Ângela Maria, Cauby Peixoto e o próprio Wagner Tiso, que participou algumas vezes do espetáculo.<EM>

“Para contar toda essa história eu mergulhei em livros, vídeos, conheci muitos amigos de Gonzaguinha, o que deu uma força ao espetáculo, que é muito espiritual, forte e encanta o público”, ressalta o ator, que tem como companhia no elenco os cantores Paulo Francisco ‘Tutuca’ e Bruna Moraes e os músicos Rafael Toledo (Guitarra, violão e voz), André Fernandes (voz e violão), Alcione Ziolkowski (bateria), Omar Fontes (teclados), Cacá Franklin (percussão) e Dudu Dias (baixo).

Gonzaguinha: O Eterno Aprendiz – Musical. No Teatro Procópio Ferreira – Rua Augusta, 2.823, em São Paulo. Hoje às 21h e, amanhã, às 19h30. Ingressos de R$ 60 a R$ 90 à venda no local ou no site www.ingressorápido.com.br)  

Comentários


Veja Também


Musical reconta a vida do Gonzaguinha

A sua vida foi curta, mas o legado infinito. Luiz Gonzaga do Nascimento Júnior partiu com apenas 45 anos, em razão de acidente de trânsito, mas sua voz ainda ecoa no na música popular brasileira. E grande parte de suas canções poderão ser ouvidas – e sentidas – hoje e amanhã no musical Gonzaguinh...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar