Palavra do Leitor

A irresponsabilidade petista perdura


Os dizeres do ex-prefeito do PT em São Bernardo Luiz Marinho, publicados neste mesmo jornal, fogem de qualquer classificação ordinária de compreensão. 

Na última semana, o Grande ABC recebeu importante anúncio para o plano de mobilidade, com o acrescento de duas linhas do Metrô, a 10-Turquesa e 20-Rosa, além do modal BRT, todos interligando a região à Capital. Tudo devidamente explicado e colocado de forma transparente no papel, cuja principal diretriz fosse a viabilidade econômica. 

E por que a realidade orçamentária foi destacada? Talvez o ex-prefeito não lembre, mas esse desmazelo financeiro que emperrou a obra do monotrilho assim como tantas outras ocorreu pela bagunça generalizada do governo Dilma Rousseff, colega de petismo.

Os anos de 2014 e 2015 foram os mais duros para o trabalhador brasileiro, que se viu diante de gigantesca recessão (a maior desde 1929), provocada por escândalos de corrupção protagonizados pelo PT. Aliás, foi neste mesmo período que o esquema criminoso veio à tona. Não por acaso, Dilma sofreu impeachment e, pouco tempo depois, o ex-presidente Lula foi condenado e segue preso. O próprio ex-prefeito Luiz Marinho parece não aprender com os próprios erros. Não bastasse o Mensalão e o Petrolão, a gestão petista carrega ainda a obra superfaturada do Museu do Lula, maior escândalo em São Bernardo, alvo da Justiça Federal, que aponta cifras milionárias em desvios ilegais. Estamos trabalhando para transformar o lugar de vergonha em uma Fábrica de Cultura.

Como prefeito, trabalhei junto ao governo do Estado para que o projeto não ficasse parado no tempo e sua concretização fosse apresentada a todos. Foi desta forma que o governador João Doria (PSDB) nos recebeu e entendeu a importância de galgar melhores condições para o nosso transporte. 

O PSDB tem compromisso com a região, de forma reconhecida. A sua contribuição é expansiva por todas as cidades. São Poupatempos, Fatecs, Farmácias de Alto Custo, Etecs, hospitais estaduais, CDHU, Restaurante Bom Prato, entre outras ações e ferramentas que tanto contribuem com a população. Ainda estão por vir programas extremamente importantes, como COI e o Baep, que, juntos, nos darão fortalecimento, integração e inteligência na segurança. 

Assim, só podemos concluir que a irresponsabilidade petista perdura. Este partido que quer criticar é o mesmo que protagonizou escândalos e problemas na vida de cada um dos trabalhadores. Desmantelando a credibilidade das pessoas públicas. Mesmo assim, seguiremos trabalhando contra as mentiras e por desafios reais.

Pacote de mobilidade – 1

Como pode alguém afirmar que a solução para especificação do modal para a Linha 18-Bronze seria técnica sabendo que o local previsto para seu trajeto é um fundo de vale, sujeito a enchentes frequentes? Causam-me estranheza e perplexidade as incursões de Doria pelo Grande ABC, a caça de apoios com mais um festival de promessas pré-eleitorais que não serão cumpridas, lembrando que o PSDB está no poder em São Paulo há no mínimo 25 anos, e é o partido destes atuais prefeitos que aparecem em foto recente (Primeira Página, dia 4). Durante este período, desde a criação da CPTM, a região só teve perdas, como a desativação da Estação Pirelli e o fim dos trens regulares para Santos, Paranapiacaba, Francisco Morato e Barra Funda.

Luiz Carlos Leoni

São Caetano

Pacote de mobilidade – 2

A foto de família estampada neste Diário, com os prefeitos e seus familiares sorridentes, mostrou o depreciado apego do governador Doria, o abandonador, que ofereceu migalhas e os alcaides do Grande ABC saíram felizes. Depois de espartana campanha do Diário, mostrando as opiniões da população, comerciantes e especialistas, entre outros, os prefeitos fizeram ouvidos moucos para a população e embarcaram no canto da sereia do governo do Estado. Saíram do palácio com a troupe familiar em detrimento dos pobres usuários dos transportes sobre trilhos. Segundo a lenda, somente o valente Ulisses sobreviveu ao canto da sereia. Nem um único aceno sobre a já combalida Avenida dos Estados, um dos mais importantes corredores que ligam o Grande ABC à Capital. Enfim, o eleitor do Grande ABC votou no Metrô e ganhou um ônibus melhorado.

Roberto Gomes da Silva

Santo André

Pacote de mobilidade – 3

Ônibus não é solução para altas demandas de passageiros, como é o caso do Grande ABC, altamente industrializado, porém hoje muito fragilizado. Não tem dinheiro para Metrô? Para políticos nunca faltou dinheiro. Vejamos, por exemplo, se isso é verdade: vereadores devem ter salário, 13º, assessores, secretários, gabinetes, carros etc.? Eles mesmos fixam as quantias que querem receber, sem dar satisfação a ninguém! Eu creio que o vereador deve subir politicamente, no seu próprio bairro, pelo voto distrital e, de lá, subir para outros pleitos. Continuamos na luta por bom senso e registramos que no passado a nossa região chamou-se São Bernardo.

Manuel da Silva Gomes

Ribeirão Pires

Orelhões

As companhias de telefonia estão recolhendo os telefones de uso público, ou seja, os ‘orelhões’. De onde já foram removidos, permanecem os postinhos metálicos chumbados nas calçadas, como na esquina das ruas Sidnei e Santa Maria Goretti, no bairro Vila Metalúrgica, em Santo André. Estes postinhos metálicos poderão ocasionar algum tipo de acidente e, por isso, deverão ser removidos. Como esta operação terá custo elevado, minha sugestão é que o prefeito, ou a secretaria responsável, entre em contato com as companhias de telefonia e sugira acordo para que instalem duas lixeiras coloridas e com logotipo do patrocinador. Acredito que os custos destas lixeiras serão menores do que a remoção dos postinhos e o reparos das calçadas.

João Francisco Martins

Santo André

Moro

Será que o ex-juiz Sergio Moro e atual super ministro do governo Bolsonaro está caindo? São várias as denúncias contra ele, e o mesmo não consegue mais disfarçar ou se defender das acusações. Na última sabatina na Câmara federal foi literalmente fritado, não aguentou a pressão e fugiu escoltado, como acontece (em analogia) aos péssimos árbitros de futebol (Política, dia 3). Sergio Moro poderia estar tranquilo, exercendo as suas atividades como juiz federal, Porém, foi traído pela sua vaidade e arrogância. Só o tempo dirá de que lado está a verdade.

Nelson Chada

Santo André

Copa América

Quem tem Gabriel Jesus não precisa do Neymar.

Luiz Roberto Batista

São Bernardo

As cartas para esta seção devem ser encaminhadas pelos Correios (Rua Catequese, 562, bairro Jardim, Santo André, CEP 09090-900) ou por e-mail (palavradoleitor@dgabc.com.br). Necessário que sejam indicados nome e endereço completos e telefone para contato. Não serão publicadas ofensas pessoais. Os assuntos devem versar sobre temas abordados pelo jornal. O Diário se reserva o direito de publicar somente trechos dos textos.

Comentários


Veja Também


A irresponsabilidade petista perdura

Os dizeres do ex-prefeito do PT em São Bernardo Luiz Marinho, publicados neste mesmo jornal, fogem de qualquer classificação ordinária de compreensão. 

Na última semana, o Grande ABC recebeu importante anúncio para o plano de mobilidade, com o acrescento de duas linhas do Metrô, a...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar