Cena Política

Paulo Serra sanciona projeto do Semasa


O prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), sancionou no sábado a lei que autoriza a concessão de parte do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) para a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) em troca do abatimento da dívida bilionária que a cidade tem com a estatal e também em investimentos na rede de água e esgoto. O tucano também avalizou emendas modificativas ao texto original. Uma delas determina que apenas reajustes com base na inflação sejam aplicados à tarifa nos primeiros três anos de convênio. Outra diz respeito aos funcionários. Ao instituir um PDV (Programa de Demissão Voluntária) aos servidores do Semasa, oferece outra possibilidade aos que não optarem por se desligar da autarquia. Esses funcionários podem ser absorvidos pela administração municipal e, conforme a lei, não podem ser demitidos em razão do contrato entre as partes. Paulo Serra estimou que até o começo de agosto o convênio será formalizado.

Reunião
O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), se reuniu na sexta-feira com o procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Smanio, chefe do Ministério Público do Estado. O tema do encontro foi debater áreas para abrigar uma sede própria da promotoria em São Bernardo. Atualmente, o expediente é cumprido em sala no Fórum da cidade, localizado no Jardim do Mar. O diretor-geral do Ministério Público, Ricardo Leonel, também participou da reunião.

Ação
Ex-deputado federal, Vanderlei Siraque (PCdoB) sugeriu que irá ingressar com ação judicial questionando a aprovação do projeto de lei que autoriza o convênio entre a Prefeitura de Santo André e a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) para conceder parte dos serviços da autarquia municipal. Ele questiona o quórum de votação. O texto foi avalizado por 11 vereadores – um voto a mais do que a metade do Parlamento. A oposição diz ser necessário atingir 14 votos para que a proposta fosse avalizada.

Sondagens
Segundo suplente de vereador pelo SD de Santo André, o comerciante Eduardo Filenga tem sido procurado por dirigentes partidários da cidade com vistas ao pleito do ano que vem. Recebeu sondagens do PSB, que deve caminhar com o pré-candidato Ailton Lima (PSD), e também de legendas que orbitam na base de sustentação do prefeito Paulo Serra (PSDB), que tentará a reeleição em 2020. Em 2016, Filenga recebeu 1.195 votos.

Cidadão mauaense
A Câmara de Mauá aprovou o projeto de lei que concede título de cidadão mauaense ao deputado estadual Campos Machado (PTB), um dos mais tradicionais políticos da Assembleia Legislativa. A proposta foi do vereador Fernando Rubinelli (PDT). Seu pai, o ex-deputado federal Wagner Rubinelli, recentemente se filiou no PTB, com vistas à eleição do ano que vem.

Caso Adria
Vice-presidente do Sindeeia (Sindicato dos Empregados em Empresas de Industrialização Alimentícia de São Paulo e Região), Rubens Gomes esteve ontem na Câmara de São Caetano, em agenda com o presidente da casa, Pio Mielo (MDB), para discutir medidas para tentar reverter a demissão de 106 funcionários da Adria, tradicional fabricante de biscoitos e massas na cidade. O desligamento dos colaboradores foi oficializado há duas semanas. “Firmamos que teremos reunião junto à direção da empresa”, disse Pio.

Media training
A Subsecretaria de Comunicação Social de São Caetano organizou no sábado media training com secretários do governo do prefeito José Auricchio Júnior (PSDB). A palestra serve para que os gestores das pastas da administração tenham conhecimento de como passar de forma correta e objetiva as informações dos setores. A atividade contou com participação de Marco Antônio Sabino, ex-repórter da TV Globo e atual secretário de Comunicação da prefeitura de São Paulo, e Jayme Brener, diretor da Ex-Libris Comunicação Integrada. 

Comentários


Veja Também


Paulo Serra sanciona projeto do Semasa

O prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), sancionou no sábado a lei que autoriza a concessão de parte do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) para a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) em troca do abatimento da dívida bilionária que a c...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar