Cultura & Lazer

Produção para fazer pensar


A Pinacoteca de Mauá, no saguão do Teatro Municipal, está colorida, repleta de vida e de questionamentos. Mérito das 42 obras, entre escultura, pinturas e fotografias, por exemplo, que ilustram a segunda edição da Mostra de Arte Urbana de Mauá, com curadoria assinada por Cecília Camargo e Dener de Sousa. A exposição fica em cartaz gratuitamente no espaço até dia 14 de julho.

Quem passar por lá poderá apreciar o resultado do trabalho de 17 artistas, entre veteranos e estreantes, da região e Capital. Todas as obras podem ser compradas. Entre os artistas está Roanne Aragão, que tem como característica coletar materiais no lixo e dar novo sentido a eles por meio da pintura, além de aproveitar a oportunidade para alertar sobre problemas como poluição do ar e da água, consumismo excessivo e a exploração predatória de recursos ambientais.

Com cores saturadas e tons pastel, Adi Alves fala do cuidado com o corpo humano, pensando nele como morada e trabalha com aquarelas, gravura e colagem. Rhailander é outro nome que marca presença. Em seu trabalho opta por falar da fragilidade do ser humano. Já Felm, grafiteiro desde 2002, trabalha com pintura em tela, arte digital e caligrafia.

Segundo o curador, nesta edição foram agregados vários questionamentos. “Em uma relação dialógica entre os artistas e a cidade, como sentir-se pertencente? O que o artista vê, o que sente, o que lhe toca e afeta?  Quais recursos utiliza nessa troca, nessa convivência?”, explica Sousa.

Ele diz ainda que as produções expostas não têm a intenção de responder a todos esses questionamentos integralmente, mas fazem parte de um primeiro passo para o diálogo entre a arte produzida nas ruas e a cidade da qual elas fazem parte, além dos visitantes.

A ideia é também, com a exposição, formar público no cenário das artes plásticas. “Nossa intenção é que essa mostra tenha continuidade nos próximos anos, colocando a cidade de Mauá no circuito de exposições da Região Metropolitana, e continuar a dar espaço à produção local e visibilidade aos artistas da nossa região”, explica o curador.

2ª Mostra de Arte Urbana de Mauá – Exposição. Na Pinacoteca de Mauá – Rua Gabriel Marques, 353. Até dia 17 de julho. Visitação das 8h às 12h, e das 13h às 17h. Entrada gratuita. 

Comentários


Veja Também


Produção para fazer pensar

A Pinacoteca de Mauá, no saguão do Teatro Municipal, está colorida, repleta de vida e de questionamentos. Mérito das 42 obras, entre escultura, pinturas e fotografias, por exemplo, que ilustram a segunda edição da Mostra de Arte Urbana de Mauá, com curadoria assinada por Cecília Camargo e Dener d...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar