Política

Vereador mais votado, Marcel ensaia deixar comando da sigla


Vereador mais votado em São Caetano nas eleições de 2016, Marcel Munhoz ensaia internamente deixar a presidência do Cidadania local. O parlamentar ainda preserva rusgas sobre as negociações envolvendo o pleito de 2018, quando a cúpula paulista da sigla não apostou em sua candidatura.

No pleito do ano passado, Marcel projetou candidatura a deputado estadual, mas a sigla decidiu apoiar o projeto do atual deputado estadual Thiago Auricchio (PR), filho do prefeito José Auricchio Júnior (PSDB), em dobrada com o parlamentar federal Alex Manente (Cidadania). Na ocasião, o parlamentar governista apostava, além do desempenho nas urnas no último pleito municipal (recebeu 2.999 votos), em sua influência junto ao correligionário e em sua postura de defesa do governo Auricchio na Câmara.

Questionado pelo Diário, Marcel não confirmou, tampouco negou, sua pretensão de deixar o comando do diretório local da sigla. “Não tem nada definido”, sintetizou o parlamentar. O Diário apurou, porém, que Marcel idealiza trocar de partido para disputar em 2020, mas a mudança só se dará no início do ano que vem, durante o período da chamada janela partidária, quando parlamentares poderão migrar de legenda sem correrem o risco de perder o mandato por infidelidade. 

Comentários


Veja Também


Vereador mais votado, Marcel ensaia deixar comando da sigla

Vereador mais votado em São Caetano nas eleições de 2016, Marcel Munhoz ensaia internamente deixar a presidência do Cidadania local. O parlamentar ainda preserva rusgas sobre as negociações envolvendo o pleito de 2018, quando a cúpula paulista da sigla não apostou em sua candidatura.

No p...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar