Setecidades

Francine Suati é condenada a 15 anos de prisão pela morte de Daniel Masson


Após mais de 13 horas de julgamento, Francine Suati de Lima, acusada pela morte do namorado Daniel Masson em 18 de fevereiro de 2017, foi condenada a 15 anos de prisão em regime fechado por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e crueldade, após julgamento realizado nesta quarta-feira(15) no Fórum de São Bernardo.

Presa em flagrante desde o crime, Francine depôs sobre o caso e alegou inocência ao relatar que "ele [Daniel] apareceu na frente do carro”. Ainda em depoimento, a acusada contou que o casal costumava ter discussões frequentemente pelo fato de Daniel usar drogas, como maconha e ecstasy.

Crime – Daniel Masson teria sido assassinado pela então namorada após uma briga, no Carnaval de 2017, na Rua Guadalajara, no bairro Assunção. Ele tinha 35 anos e ela 30 - leia reportagem completa aqui. Câmeras de seguranças gravaram apenas o momento da discussão, mas segundo testemunhas, a acusada atropelou Daniel três vezes de propósito.  

Comentários


Veja Também


Francine Suati é condenada a 15 anos de prisão pela morte de Daniel Masson

Após mais de 13 horas de julgamento, Francine Suati de Lima, acusada pela morte do namorado Daniel Masson em 18 de fevereiro de 2017, foi condenada a 15 anos de prisão em regime fechado por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e crueldade, após julgamento realizado nesta quarta-feira...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar