Márcio Bernardes

Problema


(São Paulo) – A convocação ou não de Neymar para a Copa América foi o assunto mais polêmico nos últimos dias. As manifestações, favoráveis ou contrárias, comprovam que Tite está com uma batata quente nas mãos.

No ano passado, Douglas Costa cuspiu no rosto de um adversário. O técnico veio à público para afirmar que o atacante não seria convocado para os dois próximos amistosos da seleção como punição por seu gesto de indisciplina.

Neymar agrediu um torcedor na semana passada, se arrependeu, mas sua intempestiva atitude provocou opiniões das mais diversas. Uma delas diz que se Tite mantiver a coerência não poderá agora convocar Neymar.

Acho que ele será convocado. Todos reconhecem que sua técnica é rara e assim o Brasil estaria reforçado na competição sul-americana. O problema é que Neymar, ao longo da carreira, tem protagonizado episódios lamentáveis.

Só para citar alguns, começamos com sua participação no time do Santos na final do Mundial interclubes de 2011. Desconfiava-se na época e hoje não há mais dúvidas. Ele jogou com seu pai comprometido com o Barcelona. Aliás, com um dinheirão já depositado na conta bancária.

A briga com o técnico Dorival Junior na final do Paulistão de 2010 ficou escancarada e já se falava na indisciplina do atacante. Renê Simões chegou a dizer: “estamos criando um monstro”.
Não precisa nem repetir as cenas deploráveis de Neymar na Copa da Rússia, forçando um cai-cai insuportável e tornando-se meme nas redes sociais por muito tempo.

Já abordamos aqui outro dia sobre os comentários dos mais próximos de Neymar. Para dizer o mínimo, afirma-se que ele é muito mimado. E todo cara mimado acaba sendo mal-educado.

No entanto, somos favoráveis à sua convocação para a Copa América. Da mesma forma entendemos que esse rapaz precisa de um freio. Não sei de quem. O ideal seria do pai e da mãe. Mas será que eles têm moral e estariam dispostos a ajudar a melhorar o caráter e o comportamento desse ainda menino crescido?

Comentários


Veja Também


Problema

(São Paulo) – A convocação ou não de Neymar para a Copa América foi o assunto mais polêmico nos últimos dias. As manifestações, favoráveis ou contrárias, comprovam que Tite está com uma batata quente nas mãos.

No ano passado, Douglas Costa cuspiu no rosto de um adversário. O técnico veio ...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar