Economia

Podemos fazer acordo com China, mas na última eles tentaram renegociar


O presidente americano, Donald Trump, voltou a criticar a China hoje, no Twitter. "Nós podemos fazer um acordo com a China amanhã, antes que as empresas comecem a sair para não perder os negócios nos Estados Unidos, mas na última vez em que estivemos próximos de um entendimento eles quiseram renegociar o acordo", escreveu. E acrescentou: "de jeito nenhum!".

O presidente argumentou que "estamos em uma posição muito melhor agora do que qualquer acordo que pudéssemos ter feito", ao defender os impactos das tarifas impostas à China para a economia americana, que teriam sido responsáveis pelo forte crescimento do primeiro trimestre. "Somos agora uma economia muito maior do que a China e aumentamos substancialmente de tamanho desde as grandes eleições de 2016", ressaltou.

Trump acrescentou que, em um ano, as tarifas reconstruíram a indústria siderúrgica dos EUA. "Colocamos uma tarifa de 25% sobre o aço ''descartado'' da China e de outros países, e agora temos uma indústria grande e crescente", escreveu na rede social.

Comentários


Veja Também


Podemos fazer acordo com China, mas na última eles tentaram renegociar

O presidente americano, Donald Trump, voltou a criticar a China hoje, no Twitter. "Nós podemos fazer um acordo com a China amanhã, antes que as empresas comecem a sair para não perder os negócios nos Estados Unidos, mas na última vez em que estivemos próximos de um entendimento eles quiseram rene...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar