Cena Política

PSDB e Minhoca em rota de colisão


Vereador de primeiro mandato em Santo André, Professor Minhoca entrou de vez em rota de colisão com o alto escalão do PSDB na região. No domingo haverá eleição para a cúpula estadual do tucanato e, por acordo, o Grande ABC tem direito a indicar três filiados para função de delegado paulista. Minhoca apresentou seu nome, juntamente com Flávio Rodrigues dos Santos, de São Bernardo, Márcio Canuto, de Mauá, e João Manoel, de São Caetano. Ele ficou fora do grupo – Flávio e Canuto serão titulares para as funções, enquanto João Manoel será suplente. Minhoca não engoliu o ocorrido. Afirmou estar sem espaço, disse que o partido tem dono e não exerce democracia. “Parece que o PSDB não quer mais o Minhoca”, disparou o tucano, que já havia externado reclamação pelo apoio reduzido que recebeu durante a eleição de 2018, quando buscou cadeira de deputado estadual.

BASTIDORES

Resposta
O PSDB rebateu as declarações do vereador Professor Minhoca, de Santo André. Alegou que a definição dos indicados para delegado estadual foi por meio de eleição entre filiados ao partido no Grande ABC e que Minhoca foi o menos votado entre os quatro postulantes. Diante disso, ficou de fora da listagem de delegados paulistas.

Futuro
O PSL de Santo André recentemente mudou seu diretório e alocou Capitão Ricardo Silva como presidente local. Silva recebeu 12,6 mil votos na eleição de 2018, quando tentou cadeira de deputado estadual. Há quem diga que esse foi o primeiro movimento para que o partido lance o novo presidente como candidato a prefeito de Santo André em 2020.

Candidatura
O partido Novo divulgou que São Bernardo entrou na lista de cidades onde a legenda terá candidato a prefeito em 2020. Os critérios da sigla para o lançamento de projeto próprio é o diretório local ter, ao menos, 150 filiados. A partir disso, haverá seleção do candidato, com entrevista sobre alinhamento político e de gestão. A inscrição pode ser feita no site do Novo.

Viagem oficial
O deputado federal Alex Manente (Cidadania), de São Bernardo, viajou para o Líbano, para tratar sobre termo de cooperação entre os parlamentos brasileiro e libanês. Ele integra comissão formada também pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), os deputados federais Baleia Rossi (MDB-SP) e Davi Soares (DEM-SP), além do vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (DEM).

Contratação – 1
Presidente do movimento de moradores do Centreville e candidata a vereadora pelo PMB em 2016, Marilda Brandão está bem perto de assumir cargo comissionado no governo do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB). Ela deve ocupar função de assessora de gabinete. Em 2017, o governo tocou projeto de regularização da área e Marilda, à frente da associação local, foi uma das mais críticas ao modelo adotado.

Contratação – 2
“Tive conversa séria com o prefeito. Falei que poderia fazer parte do governo se o Centreville for prioridade. Ele me disse que sim. Então, respondi que poderíamos discutir um projeto futuro. Se a prioridade dele for o Centreville, como é a minha, podemos estar juntos”, comentou Marilda Brandão, sobre a possibilidade de ingressar na gestão do prefeito Paulo Serra (PSDB), em Santo André. 

Comentários


Veja Também


PSDB e Minhoca em rota de colisão

Vereador de primeiro mandato em Santo André, Professor Minhoca entrou de vez em rota de colisão com o alto escalão do PSDB na região. No domingo haverá eleição para a cúpula estadual do tucanato e, por acordo, o Grande ABC tem direito a indicar três filiados para função de delegado paulista. Minh...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar