Cena Política

Blindagem humana para evitar registros


Durante o depoimento do prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), para tratar do processo de impeachment que tramita na Câmara sob denúncia de quebra de decoro, o núcleo duro do Paço agiu para blindar a imagem do socialista. Além de não permitir que jornalistas entrassem com celular na sala de oitivas, o entorno de Atila fez de tudo para impedir que fossem registradas fotos dele tanto no período que prestou esclarecimentos aos vereadores quanto após o fim das declarações. Ao deixar o espaço na casa, funcionários da Prefeitura fecharam o cerco, numa espécie de escudo humano, que o levou até a sede do governo, em correria. Só lá Atila parou para conceder entrevista. A ideia central era evitar que imagens do prefeito viralizassem em situação, no mínimo, desconfortável. O importante no caso, de fato, será o parecer e a posterior votação em plenário. Isso sim tem criado momentos de tensão na cidade, que vive instabilidade, muito por causa do cenário político. 

Outdoors na cidade

Ligado aos bastidores da política, o médico Léo Kahn (sem partido) chamou atenção nos últimos dias, logo na sequência de reunião com grupo para tratar do cenário eleitoral de 2020 em Santo André, por ter espalhado outdoors pela cidade, dentro da proposta de parabenizar o município pelo aniversário de 466 anos. “Teu formoso destino pertence/Aos que lutam por um ideal”, cita, no material, em alusão ao hino andreense. Ele, que já concorreu a uma vaga de deputado federal em 2010, é cotado para disputar cargo eletivo no pleito do ano que vem. Sua mulher, a médica Ana Glória Silva, entrou na disputa em três oportunidades: 2008, 2014 e 2016. 

Na esteira da disputa

 O Diário mostrou ontem nomes de possíveis candidatos a vice ao projeto de reeleição do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB). O contexto é justamente que tem aparecido mais quadros no cenário dispostos a número dois da chapa do que propriamente para encabeçar pleito ao Paço. Entre as poucas opções cotadas à disputa estão uma figura do PT, sem definição sobre quem, o ex-prefeito Aidan Ravin (Podemos), o ex-secretário Nilson Bonome (PRB), o vereador Sargento Lobo (SD) e, mais recentemente, o ex-prefeiturável Ailton Lima (PSD). 

 Possíveis coligados

 Por falar em Ailton Lima, o ex-vereador já tem atuado, nos bastidores, para contabilizar quatro legendas em apoio à sua candidatura majoritária. Há informações de que o líder nacional do PSD, Gilberto Kassab, deu liberdade para Ailton fazer as articulações na cidade tendo em vista o pleito de 2020. Quem tem já auxiliado nessa empreitada é o ex-vereador Gilberto do Primavera (SD), vice do pessedista na empreitada de 2016.

 Visita democrata

 O deputado federal Geninho Zuliani (DEM) virá visitar Santo André amanhã para participar das agendas do calendário de aniversário da cidade. Ex-prefeito de Olímpia, o democrata tem ligação com o vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, uma das principais lideranças da sigla no âmbito estadual. Na eleição do ano passado, a sua candidatura recebeu apoio de parte do governo Paulo Serra (PSDB). Teve o então secretário de Habitação, Fernando Marangoni, de cabo eleitoral. Ele obteve 89,3 mil votos no total, sendo 3.853 sufrágios no município.

 Pauta do Consórcio

 O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC fará na terça-feira reunião para discutir, entre outras pautas, a assinatura de acordos para equalização dos débitos dos municípios com a entidade e validação da redução do repasse das prefeituras de 0,17% para 0,15%. Também consta na lista o debate sobre obras de combate às enchentes, como a construção do Piscinão Jaboticabal, e a participação do Consórcio no grupo de estudo, formado pelo governo de São Paulo, que definirá o modal de transporte a ser utilizado para a implantação da Linha 18-Bronze.

Comentários


Veja Também


Blindagem humana para evitar registros

Durante o depoimento do prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), para tratar do processo de impeachment que tramita na Câmara sob denúncia de quebra de decoro, o núcleo duro do Paço agiu para blindar a imagem do socialista. Além de não permitir que jornalistas entrassem com celular na sala de oit...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar