Memória

Seguia a Memória, feliz, esperançosa...


Há exatos 30 anos – em 5 de abril de 1989 – esta página Memória transcrevia um poema redigido à mão por Dalila Teles Veras durante uma excursão à Universidade de Campinas, a Unicamp, realizada em dezembro do ano anterior. Fomos de ônibus e no ônibus Dalila escreveu. Não havia Google para consultas.

O Arquivo Edgard Leuenroth era uma das metas, pois ali estava – e está – parte considerável dos registros sociais produzidos pelo movimento anarco-sindicalista do Grande ABC.

Vibrava o Gipem (Grupo Independente de Pesquisadores da Memória).

Organizava-se o primeiro ciclo de palestras sobre os 100 anos do Grande ABC, no espaço do Colégio Singular, em Santo André, que originaria os Congressos de História, 14 edições já realizadas.

E pelos anos, e décadas seguintes, sempre que surgia uma oportunidade, nos referíamos àquela criação de Dalila, amiga querida.

Hoje, três décadas depois, nova oportunidade se abre. “Ei, Dalila, parece ontem, né?”.

Móveis, vinho, peões...

Criação: Dalila Teles Veras

A memória trafega de ônibus percorrendo a manhã de dezembro que também ficará.

Indiferente, a cidade sequer o nota, precário transporte pra tão preciosa carga.

Imagens congeladas em sépia convivem em harmonia com o vídeo, movimento vivo do Moacyr. Sotaques vários, identidade comum.

A poesia desse ônibus traz restos de mosto à mostra deixados pelos vinhateiros, traz pó de serragem vermelha dos barracões dos moveleiros, traz manchas de graxa morna em digitais fortes e calosas (indefectíveis marcas) dos peões do ABC.

A história não espera e os passageiros da memória recolhem, pacientes, os cacos pro vital do amanhã.

Nota da Memória O Moacyr do texto é Moacyr Antonio Ferrari, pesquisador de Mauá. Dalila se deixa influenciar por marcas de uma São Bernardo que ainda produzia móveis e que ainda faz vinho, e que tinha a vanguarda dos peões do ABC, e que precisa olhar com mais carinho para a memória que o seu povo construiu.

Edgard Leuenroth – Jornalista. Foi um dos principais militantes anarquistas do Brasil. Fundou, com Neno Vasco, o jornal Terra Livre. Foi diretor de A Lanterna e de A Plebe. São jornais alternativos que reúnem, também, escritos importantes do passado social do Grande ABC. E cujas coleções estão na Unicamp, no arquivo que leva o nome deste jornalista brasileiro que viveu entre 1881 e 1968.

Interação com Facebook
 

‘A garota do ponto e as cores da cidade’

A garota está no ponto, aguarda. Nas ruas, sobras da noite, boêmios que se perderam nos caminhos da madrugada.
Confiram a íntegra no Facebook da Memória – acessem o endereço acima.

Diário há 30 anos

Quarta-feira, 5 de abril de 1989 – ano 31, edição 7031

Manchete – Empresários vão apoiar o lobby das prefeituras na elaboração da Constituição estadual
Meio Ambiente – Metalúrgica Sanches & Blanes sofre multa por desmatar área na Estrada de Sapopemba, em Ribeirão Pires.
Sofrimento – Com a paralisação dos ferroviários da CBTU (Companhia Brasileira de Transportes Urbanos), os usuários são obrigados a fazer malabarismo nos ônibus para conseguir chegar ao trabalho.

Hoje

- Dia dos Fabricantes de Materiais de Construção
- Dia das Telecomunicações

Em 5 de abril de...

1919 – Nova etapa na falência da Cerâmica Privilegiada do Estado de São Paulo. Os liquidatários dão novo prazo para a venda da fábrica de São Caetano: maio.
A venda incluía imóveis, maquinários, ferramentas, veículos e acessórios, semoventes, móveis e utensílios e licença privilegiada (com exclusão de produtos prontos e em preparação, o que deixa entender que a fábrica continuava operando, mesmo falida).
A Privilegiada estava montada para a produção de telhas e ladrilhos (sistema ‘marselhês’), tijolos prensados e refratários. Pelos liquidantes assinava Daniel Rossi, com escritório em São Paulo.
Política Nacional – Ruy Barbosa em São Paulo. Grande recepção na Estação Luz e discurso no Teatro Municipal, transcrito na íntegra pelo Estadão. Por seu turno, Epitácio Pessoa, o outro candidato, continuava na Europa.
Internacional – Do noticiário do Estadão: os bolchevistas batem em retirada na Sibéria.
1964 – Manchete do News Seller, poucos dias após o golpe ou revolução: “Infantis as afirmações de que estamos com os comunistas”, declarava Lauro Gomes de Almeida, prefeito de Santo André, que morreria antes de ser, provavelmente, cassado.
1974 – Inaugurada, em Santo André, sede da Unidade Polivalente do Trabalho da Grande São Paulo: atenderá a 37 municípios.
- Coletores de lixo de São Bernardo entram em greve.

Santos do Dia

- Catarina Tomás
- Bv. Mariano de La Mata Aparício


Municípios Brasileiros

Celebram aniversários em 5 de abril:
- Na Bahia, Anagé, Caetité, Dom Basílio, Érico Cardoso e Planalto.
- Em Santa Catarina, Araquari e Camboriú.
- No Piauí, Dom Expedito Lopes.
- No Paraná, Godoy Moreira.
- No Pará, Marabá.
- No Rio Grande do Sul, Novo Hamburgo.
- No Rio Grande do Norte, Pureza.
- No Maranhão, Timbiras.

Fonte: IBGE

Comentários


Veja Também


Seguia a Memória, feliz, esperançosa...

Há exatos 30 anos – em 5 de abril de 1989 – esta página Memória transcrevia um poema redigido à mão por Dalila Teles Veras durante uma excursão à Universidade de Campinas, a Unicamp, realizada em dezembro do ano anterior. Fomos de ônibus e no ônibus Dalila escreveu. Não havia Google para...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar