Economia

Orlando Morando está 'indignado' com saída da Ford de São Bernardo


Após o anúncio do encerramento de produção na planta da Ford São Bernardo ao longo deste ano, a Prefeitura de São Bernardo enviou nota oficial sobre o tema. De acordo o Paço, a montadora poderia ter, pelo menos, respeitado o Brasil e a "nossa cidade". No texto, o prefeito Orlando Morando se diz indignado com o fato de a Ford não ter avisado e tampouco dialogado com ninguém sobre sua decisão de deixar de atuar no segmento de caminhões na América Latina. "São 2.800 famílias diretamente e outras 2.000 indiretamente que mereciam uma chance de reagir, isso é uma covardia. Sempre apoiamos o trabalhador de verdade, sempre respeitamos aqueles que geram empregos, por que agir assim?"

Segundo a nota, assim que soube, Morando procurou o presidente da Ford no Brasil, que ainda não o atendeu. Houve contato também com o gabinete do presidente da República, Jair Bolsonaro, e o prefeito aguarda o retorno. O governador João Doria já se colocou à disposição para que junto com o prefeito pressione o presidente da Ford a fim de entender os motivos, amenizar o caos e garantir justiça e dignidade aos trabalhadores e a população de São Bernardo.

Comentários


Veja Também


Orlando Morando está 'indignado' com saída da Ford de São Bernardo

Após o anúncio do encerramento de produção na planta da Ford São Bernardo ao longo deste ano, a Prefeitura de São Bernardo enviou nota oficial sobre o tema. De acordo o Paço, a montadora poderia ter, pelo menos, respeitado o Brasil e a "nossa cidade". No texto, o prefeito Orlando Morando se diz ...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar