Política

Justiça eleitoral mantém mandato de Cicote


Por seis votos a zero, o TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) julgou improcedente ação que exigia a perda de mandato do presidente da Câmara de Santo André, Almir Cicote, por infidelidade partidária. Em abril, o parlamentar trocou o PSB pelo Avante para sair candidato a deputado estadual em outubro.

A ação foi impetrada pelo primeiro suplente da coligação, Jorge Kina, que atualmente está no exercício do mandato no Legislativo com o afastamento de Roberto Rautenberg (PRB). Procurado, Kina não se manifestou até o momento.

Leia Mais

Já Cicote comemorou. "Eu deixei o PSB com anuência do partido, não existiu infidelidade partidária", disse.

Ainda cabe recurso no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). 

Comentários


Veja Também


Voltar