Esportes

Jair confirma Fagner e indica Corinthians com três volantes para pegar o Flamengo


O técnico Jair Ventura deve montar um esquema defensivo para o primeiro jogo do Corinthians nas semifinais da Copa do Brasil diante do Flamengo, nesta quarta-feira, no Maracanã. No período do treinamento que foi aberto à imprensa, na tarde desta terça, o treinador tirou Pedrinho do time titular e escalou três volantes (Ralf, Gabriel, Douglas). A formação utilizada foi: Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Gabriel, Douglas e Jadson; Clayson e Romero.

Após a atividade, o treinador preferiu não confirmar se vai utilizar essa estratégia. "Se eu falar, vou entregar a estratégia, o treino. Desculpa, vou me reservar a não falar a estratégia. Depois do jogo, vou explicar o motivo, o que fizemos ou deixamos de fazer", disse o treinador em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava.

Leia Mais

Jair Ventura reafirmou que os volantes Ralf e Gabriel podem jogar juntos. "Gabriel vinha jogando, tem a briga saudável com Ralf. Me perguntaram se poderiam jogar os dois juntos. Pode, depende do jogo. Quem ganha é o Corinthians. Um grupo homogêneo, um acelera o outro dentro da posição. Nesta posição, estamos bem servidos", afirmou.

Como o atacante Roger não pode atuar, pois já disputou uma partida da Copa do Brasil pelo Internacional, o treinador vai abrir mão de um centroavante fixo na área pela escalação utilizada na primeira parte do treino. Romero treinou como um "falso 9" e Clayson foi escalado como titular. Jonathas e Pedro Henrique, que poderiam ser titulares, treinaram com os reservas.

O lateral Fagner, desconvocado dos amistosos da seleção por causa de uma lesão, se recuperou antes do previsto e treinou entre os titulares. Os diretores do Flamengo veem irregularidade e prometem denunciar o clube paulista se o jogador entrar em campo, mas Jair não parece preocupado com a possibilidade e garantiu sua escalação.

"Ele vinha numa situação de transição, trabalhando forte no departamento médico. Ontem, fez o primeiro treino com o grupo, teve boa resposta, hoje também. Como se trata de um jogo decisivo, os atletas às vezes vão até com lesão, com grau 1, com um edema, porque sabem da importância dos jogos decisivos. Fico feliz, é um atleta muito importante. Que faça um grande jogo e suporte essa pequena dor caso a tenha. Que suporte os 90 minutos e que possa nos ajudar", disse.

A partida tem um aspecto de revanche para o técnico. Em 2017, quando trabalhava no Botafogo, ele foi eliminado pelo Flamengo exatamente nesta fase da Copa do Brasil. "(Botafogo) Atacou pouco, mas sofreu pouco. Um jogo estudado. Nosso goleiro não fez defesas. Um drible do Berrío que nunca vi na vida... Quem sabe um drible agora nosso, de Pedrinho ou Clayson, e a classificação para o nosso lado? Espero que possa mudar e a gente consiga a classificação com uma coisa que o Barbieri não estudou. O jogo foi decidido num detalhe", recorda-se.

O Corinthians viaja ao Rio de Janeiro na noite desta terça-feira para enfrentar o Flamengo. O jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil está marcado para o dia 26 de setembro, na Arena Corinthians.

Comentários


Veja Também


Voltar