Esportes

Em revanche, Ramalhão bate o Tigre de virada no 1º de Maio


Após sentir o gosto amargo na boca com a derrota para o Tigre, em casa, no mês passado, o Ramalhão deu o troco e levou a melhor na partida realizada ontem, na 10ª rodada do Grupo 3 da Copa Paulista. De virada, o Santo André fez 2 a 1 no São Bernardo, em pleno Estádio 1º de Maio, com gols de Emerson Silva e Dênis – Ricardinho anotou para os são-bernardenses.

Em jogo bem equilibrado, os times promoveram ao público partida digna do ingresso pago. A equipe do técnico Wilson Júnior se destacou um pouco mais no primeiro tempo diante do Santo André. O São Bernardo promoveu algumas jogadas perigosas, sendo duas delas com o camisa 9, Careca, que voltou a campo após se recuperar de contusão. Do outro lado, os comandados de José Carlos Palhavam endureciam o jogo, engasgados com a derrota no Bruno José Daniel, no dia 12.

Leia Mais

Pouco depois dos primeiros 10 minutos de partida, Emerson Silva, do Ramalhão, bateu falta, mas não alcançou o objetivo. O Santo André foi para cima, mais uma vez, com jogada de Frank e Alex Nagib, também sem sucesso. O Tigre, então, balançou a rede, com gol de pênalti, marcado pelo camisa 10, Ricardinho, aos 35 do primeiro tempo.
Na etapa final, o São Bernardo quase ampliou, com chute de Careca que parou no travessão. Aos 13 minutos, tudo mudou e o Santo André passou a dominar as ações. Aposta de Palhavam no segundo tempo, Cabelo foi derrubado na área e o árbitro anotou o pênalti. Seguro, Emerson Silva empatou.

A equipe da casa até tentou se recuperar, mas a virada no placar veio no fim da partida, aos 44, com chute certeiro de Dênis. Com a vitória, o time de Palhavam somou 14 pontos na competição e foi para a terceira posição. Já o São Bernardo segue com 11, em quarto lugar. O Santo André só volta a campo no domingo, quando enfrenta o Bragantino, em casa. Já o Tigre, sem folga nesta semana, encara o São Caetano, na quarta-feira, no Estádio 1º de Maio.


Em busca do fim da oscilação, Palhavam mostra satisfação com triunfo

O técnico José Carlos Palhavam não escondeu a alegria em vencer o clássico contra o São Bernardo, buscando afastar a oscilação da equipe. “A gente fica feliz e muito satisfeito”, disse, após a partida. O Ramalhão vinha de duas derrotas seguidas na competição.

Mas mesmo com o placar positivo, o treinador admite que os próximos jogos que sua equipe enfrentará são clássicos. “Temos Bragantino, Santos e São Caetano. Esperamos bons resultados. Vamos analisar um a um”, discorreu.

Wilson Júnior diz que é preciso ter calma e focar no próximo jogo

Após a derrota para o Santo André, o técnico do São Bernardo, Wilson Júnior, disse que é necessário ter calma e focar no próximo jogo, mais um clássico, desta vez diante do São Caetano, na quarta-feira.

“É muito cedo para saber o que muda (com o revés). Temos de pensar, analisar o São Caetano e o nosso jogo”, comentou. Sobre o placar negativo, o treinador avaliou que seu time não conseguiu se reequilibrar após tomar gol do Santo André. Ainda assim, enalteceu a partida equilibrada. 

Comentários


Veja Também


Voltar