Memória

Chega a represa. Muda a geografia. Povoados são inundados


A Represa Billings alterou a geografia e inundou povoados do Distrito de Riacho Grande, em São Bernardo, inclusive um cemitério, o "dos Polacos", no Capivari, como ocorre nas áreas em que o governo implanta as grandes obras chamadas desenvolvimentistas. Quantos povoados e mesmo cidades foram inundados por este Brasil afora? Caso de Sete Quedas, no Paraná, que desapareceu quando da construção da usina de Itaipu.

Mas o nosso universo é o Grande ABC, e aqui temos dois bons exemplos de transformações ditadas pela abertura de uma represa: além de Riacho Grande (com seus vários povoados), Rio Grande da Serra, cujos sítios urbanos originais ficaram sob as águas a partir da década de 1930 do século passado.

Leia Mais

De Riacho Grande ouvimos algumas das últimas testemunhas da formação da Billings, em encontro promovido no mês passado, registrado em fotos, imagens e áudios. Hoje apresentamos o testemunho de João Vizintim, o Joanin, 95 anos, que desde os 41 dias de vida reside no Riacho, outrora Linha Rio Grande do Núcleo Colonial de São Bernardo.

O desaparecimento da primeira capela

Depoimento: João Vizintim

A represa encobriu o bar e restaurante do João da Ponte (João Cavinato), que ficava encostado na ponte do Rio Grande. Encobriu a primeira capela de São João, mais à frente, abaixo do trevo da Via Anchieta - construído anos depois -, bem na direção do Estoril. Por aqui passava o antigo Caminho do Mar - e este trecho do caminho também foi encoberto.

As águas cobriram o antigo centro do Riacho Grande, mais à frente, próximo ao Estoril. A área ficou submersa uns três metros.

Ali cheguei a participar de uma festa. Um padeiro de São Bernardo (Vila de São Bernardo) entregava pão por aqui. E naquela festa ele trouxe doce e sorvete. Era 1930, mais ou menos. Eu tinha sete anos de idade. Lembro do pau-de-sebo e do jogo de canequinhas.

Antes da formação da represa foi feito um grande aterro para a passagem dos veículos e dos moradores. O aterro foi construído com barro tirado do morro onde hoje está a Ilha de Capri e que serve para a passagem da Via Anchieta.

As crianças faziam seus próprios brinquedos. O carrinho de madeira, com uma tábua, roda, breque, direção. A gente usava uma foice. E quando a represa começou a subir, os pés de araçás começaram a ser encobertos. Para pegar araçá a gente usava caixotes de cebola daqueles entregues na venda dos meus pais. Os caixotes de madeira, bem feitos, fortes, eram os nossos barquinhos.

AMANHÃ EM MEMÓRIA

Quirino, o Leli, e os batelões de lenha e de fé

Diário há 30 anos

Quinta-feira, 25 de agosto de 1988 - ano 31, edição 6840

Manchete - Constituinte extingue o decreto-lei.

Santo André - Inaugurada rede de esgoto em favela do Parque Erasmo Assunção.

São Caetano - Prefeito Walter Braido propõe o congelamento dos subsídios dos vereadores.

Indústria - Bom Bril, de São Bernardo, compra 30% das ações da Orniex.

Comércio - C&A inaugura loja na Rua Marechal Deodoro, 1078, em São Bernardo.

Esportes - Começam os 53º Abertos do Interior em Piracicaba. Das 140 cidades inscritas, cinco são do Grande ABC - só Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra não participarão.

Guido Fidelis (crônica) - É preciso mostrar serviço, o povo gosta.

Polícia - Matador de sindicalista Mauro Pires é preso em Diadema. O dirigente era membro do Sindicato dos Condutores de Veículos do Grande ABC e foi assassinado em 4 de setembro de 1987.

Em 25 de agosto de...

São Bernardo inicia nova festa em louvor a Nossa Senhora da Conceição da Boa Viagem, com a chegada de carros às 16h no pátio da igreja, levantamento do mastro, ladainha à noite e espocar de fogos, com música e fogueira.

É a versão antiga da Procissão dos Carroceiros. Os carros citados, claro, eram carroças, carretões, charretes, aranhas, os veículos usuais de então.

Programada solene festa em louvor a São Bernardo, na Vila de São Bernardo, no primeiro domingo após o dia do padroeiro, que é 20 de agosto.

Comissão organizadora: Eugênia Meucci, Ermínia Girlande, Luiz Cassettari e André Ritucci. 

Do programa constam: alvorada pela banda local, missa cantada, pregação do Evangelho pelo padre Luiz Capra, vigário de Santo André, procissão, leilão de prendas e fogos de artifício.

Hoje

- Dia do Feirante

- Dia do Soldado

- Na região, Dia da Sociedade Amigos de Mauá

Santos do Dia

- Luiz (Poissy, 1214 - Tunes, 1270), mais conhecido como São Luiz. Foi o rei da França de 1226 até sua morte

- José de Calazans (Espanha, 1557 - Roma, 1648). Fundador da primeira escola pública cristã e da Ordem Religiosa das Escolas Pias.

- Patrícia

- Maria Del Trânsito Cabanillas

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários em 25 de agosto:

- Em São Paulo, Barretos e Redenção da Serra. Barretos foi fundado em 25 de agosto de 1854 com o nome de Arraial dos Barreto. Elevado a município em 1885, quando se separa de Jaboticabal

Em Minas Gerais, Chapada Gaúcha e Rio Pomba

- Em Santa Catarina, Chapecó (que completa 100 anos de fundação), Herval d''''Oeste, Joaçaba e Luzerna

- No Piauí, Guadalupe

- Em Alagoas, Joaquim Gomes

- Em Tocantins, Miracema do Tocantins

- Em Goiás, Nazário e Porangatu

Fonte: IBGE

Comentários


Veja Também


Voltar