Setecidades

Bueiros quebrados se tornam ponto de descarte de resíduos


 Tampas quebradas e muito lixo acumulado. Essa é a situação encontrada nas quatro bocas de lobo da Rua Minas Gerais, no bairro Canhema, em Diadema. Ao invés de servirem para escoar a água da rua, os bueiros se transformaram em ‘pesadelo’ para os trabalhadores e comerciantes da região, já que se tornaram ponto de descarte de lixo e acúmulo de animais.

Próximo à esquina com o Corredor ABD, parte da guia da calçada cedeu e entrou para dentro da boca de lobo. O metalúrgico André Monteiro Pinto, 36 anos, explicou a situação. “Eram dois bueiros. Quebrou a tampa e reformaram. Virou um bueiro só, mas como não fizeram o trabalho muito bem feito, a calçada acabou caindo e ficou um buracão.” Por conta do asfalto, que cedeu, a boca do bueiro ficou maior, facilitando que entulho e lixo sejam escoados para dentro. Uma carcaça de pneu, três sacolas de lixo e sujeira foram encontrados pela equipe do Diário no local.

Mais para frente, no outro quarteirão, três bueiros estão quebrados. “Faz uns três meses já. Aqui ninguém liga de arrumar. Se fosse mais para o Centro, quem sabe”, disse o ferramenteiro Edvaldo Silvério da Costa, 49, que trabalha em uma fábrica da região e passa pelo local todos os dias. “É comum na hora do almoço ver o povo jogando lixo dentro dos bueiros”, contou o metalúrgico.

A Prefeitura de Diadema não se pronunciou sobre o tema até o fechamento desta edição.

 

Comentários


Veja Também


Bueiros quebrados se tornam ponto de descarte de resíduos

 Tampas quebradas e muito lixo acumulado. Essa é a situação encontrada nas quatro bocas de lobo da Rua Minas Gerais, no bairro Canhema, em Diadema. Ao invés de servirem para escoar a água da rua, os bueiros se transformaram em ‘pesadelo’ para os trabalhadores e comerciantes da região, já que...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar