Cena Política

Maranhão muda de dobrada na eleição


Prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (sem partido) decidiu para quem vai pedir votos para deputado neste ano. Expulso do PSDB por anunciar adesão à pré-candidatura à reeleição do governador Márcio França (PSB), o ex-tucano orientou seu grupo político a apoiar a reeleição do deputado federal Alex Manente (PPS) e a pré-candidatura de Thiago Auricchio (PR), ex-assessor de Alex e filho do prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB). A decisão deste ano mostra mudança completa de rota de Maranhão depois de quatro anos. Em 2014, o prefeito de Rio Grande sustentou a tentativa de Adler Kiko Teixeira (PSB), hoje chefe do Executivo de Ribeirão Pires, de obter cadeira na Câmara Federal e a reeleição de Orlando Morando (PSDB), hoje prefeito de São Bernardo, à Assembleia Legislativa. 

Surpresa

Leia Mais

 Assessor pessoal do prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), desde o primeiro mandato do verde, Paulo Fares foi escolhido para dirigir a Fundação Florestan Fernandes, no lugar de Cacá Vianna (PV), novo secretário de Educação da cidade. A nomeação de Fares surpreendeu quadros políticos ligados ao governo e, mais ainda, os servidores da autarquia. Fares foi apresentado ontem a alguns funcionários do Florestan Fernandes.

Festa dupla

 Ex-secretário nas prefeituras de Santo André e de São Caetano, Nilson Bonome (PRB) aproveitará a data de seu aniversário para lançar sua pré-candidatura a deputado federal. O evento está marcado para sábado, a partir das 18h, no Ocara Clube (Rua Capricórnio, na Vila Guiomar). Pela manhã, ele vai participar da convenção de seu partido, que deve homologar seu projeto eleitoral.

Legendas

 O diretório estadual do PSDB reservou as vagas de nomes do Grande ABC na corrida por cadeira na Câmara Federal para a primeira-dama de São Bernardo, Carla Morando – que ainda não definiu seu futuro político –, e para o vereador Professor Minhoca, de Santo André. Daniel Córdoba, de São Caetano, que nutria desejo de ser postulante, não terá legenda. Outra surpresa foi o cancelamento da vaga para Paulo Mathias, ex-prefeito regional de Pinheiros.

Solitário

 Ex-vereador de Santo André, ex-prefeiturável da cidade e ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, Ailton Lima (PSD) foi o único pré-candidato da região a comparecer ao lançamento da campanha ‘Vote pelo ABC’, organizado por entidades de classe com objetivo de aumento da bancada das sete cidades na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa. Ailton tentará um assento no Parlamento federal.

Carta – 1

 O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) escreveu uma carta ao mandatário do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Santana, o Wagnão (PT), e o teor do texto foi divulgado ontem. “Wagnão, diga bem alto para todo mundo ouvir: sou candidato a presidente, porque tenho certeza que posso recuperar o Brasil. Recuperamos empregos, salários, escolas, Saúde, autoestima, dignidade e soberania ao nosso povo. Os adversários sabem que quando governei o Brasil foi o melhor momento da nossa história.”

Carta – 2

 A carta de Lula prossegue. “Por isso não querem que eu possa ser candidato. O imperador Dom Pedro I criou o ‘dia do fico’. Eu vou criar o ‘dia do volto’ para, junto com o povo brasileiro, fazer o Brasil feliz outra vez”. Lula, que foi presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC na década de 1970, está preso na superintendência da PF (Polícia Federal) em Curitiba, condenado em segunda instância por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá.

Comentários


Veja Também


Voltar