Nacional

Polícia prende homem supostamente ligado ao assassinato de Marielle Franco


A polícia prendeu na tarde desta quarta-feira, 30, um homem supostamente ligado ao assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL). Thiago Bruno Mendonça, de 33 anos, conhecido como Thiago Macaco, foi preso no interior de uma loja no shopping Nova América, em Del Castilho.

Thiago Macaco é acusado de matar Carlos Alexandre Pereira Maria, de 37 anos, o Alexandre Cabeça, que era colaborador do vereador Marcelo Siciliano, em 8 de abril, na zona oeste. O vereador foi apontado por uma testemunha como um dos mandantes do assassinato de Marielle Franco. Siciliano nega as acusações.

A prisão foi feita por policiais da Delegacia de Homicídios, com base em um mandado de prisão temporária expedido pelo juízo da 2ª Vara Criminal da Capital. Não é o primeiro preso relacionado à morte de Cabeça.

No último dia 19, a polícia prendeu Rondinele de Jesus da Silva, o Roni. Os policiais buscam agora Ruy Ribeiro Bastos, de 38 anos, apontado com um dos executores do homicídio.

As investigações seguem para confirmar a motivação do crime e apurar a participação de um quarto homem.

Comentários


Veja Também


Polícia prende homem supostamente ligado ao assassinato de Marielle Franco

A polícia prendeu na tarde desta quarta-feira, 30, um homem supostamente ligado ao assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL). Thiago Bruno Mendonça, de 33 anos, conhecido como Thiago Macaco, foi preso no interior de uma loja no shopping Nova América, em Del Castilho.

Thiago Macaco é...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar