Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

S.Bernardo irá licitar 3 faixas de ônibus no mês que vem

Corredores serão os primeiros entre os 11 que Prefeitura quer construir até o fim de 2016


Fábio Munhoz
Do Diário do Grande ABC

13/09/2013 | 07:00


Os três primeiros corredores de ônibus que serão construídos em São Bernardo deverão ter a licitação iniciada no mês que vem. As primeiras vias que terão espaço exclusivo para o transporte público serão as avenidas Senador Vergueiro, João Firmino e a Estrada dos Alvarenga. A previsão é de que as obras demorem 18 meses para serem concluídas.

Quando o projeto foi anunciado, em abril de 2012, a previsão era de que o processo licitatório fosse realizado no mesmo ano, o que não ocorreu, devido a trâmites burocráticos. A verba para todos os corredores será repassada por meio de financiamento de US$ 250 milhões (cerca de R$ 570 milhões) com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Para que o empréstimo seja viabilizado, a proposta tem de passar por aprovação do Senado e do governo federal, o que já foi feito.

“Agora, o BID está analisando os projetos executivos e depois nos devolverão para que a licitação seja liberada”, explica o secretário de Transportes e Vias Públicas, Oscar Silveira Campos. Posteriormente, serão iniciadas as obras dos outros oito corredores: Faria Lima, Jurubatuba, Montanhão, Ferrazópolis, Rotary, Capitão Casa, Castelo Branco e Galvão Bueno, além dos terminais Alves Dias, Batistini, Vila São Pedro e Rudge Ramos.

Silveira Campos participou de evento na noite de ontem para apresentação de detalhes do projeto da Linha 18-Bronze do Metrô, que ligará a Capital a São Bernardo por meio de monotrilho, passando também por São Caetano e Santo André. A previsão é de que o edital seja lançado no mês que vem e as obras comecem em abril. O investimento total será de R$ 3,5 bilhões, sendo a maior parte injetada pelo setor privado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

S.Bernardo irá licitar 3 faixas de ônibus no mês que vem

Corredores serão os primeiros entre os 11 que Prefeitura quer construir até o fim de 2016

Fábio Munhoz
Do Diário do Grande ABC

13/09/2013 | 07:00


Os três primeiros corredores de ônibus que serão construídos em São Bernardo deverão ter a licitação iniciada no mês que vem. As primeiras vias que terão espaço exclusivo para o transporte público serão as avenidas Senador Vergueiro, João Firmino e a Estrada dos Alvarenga. A previsão é de que as obras demorem 18 meses para serem concluídas.

Quando o projeto foi anunciado, em abril de 2012, a previsão era de que o processo licitatório fosse realizado no mesmo ano, o que não ocorreu, devido a trâmites burocráticos. A verba para todos os corredores será repassada por meio de financiamento de US$ 250 milhões (cerca de R$ 570 milhões) com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Para que o empréstimo seja viabilizado, a proposta tem de passar por aprovação do Senado e do governo federal, o que já foi feito.

“Agora, o BID está analisando os projetos executivos e depois nos devolverão para que a licitação seja liberada”, explica o secretário de Transportes e Vias Públicas, Oscar Silveira Campos. Posteriormente, serão iniciadas as obras dos outros oito corredores: Faria Lima, Jurubatuba, Montanhão, Ferrazópolis, Rotary, Capitão Casa, Castelo Branco e Galvão Bueno, além dos terminais Alves Dias, Batistini, Vila São Pedro e Rudge Ramos.

Silveira Campos participou de evento na noite de ontem para apresentação de detalhes do projeto da Linha 18-Bronze do Metrô, que ligará a Capital a São Bernardo por meio de monotrilho, passando também por São Caetano e Santo André. A previsão é de que o edital seja lançado no mês que vem e as obras comecem em abril. O investimento total será de R$ 3,5 bilhões, sendo a maior parte injetada pelo setor privado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;