Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Tony Blair faz 'visita surpresa' ao Iraque


Da AFP

17/12/2006 | 11:42


O primeiro-ministro britânico Tony Blair chegou neste domingo a Bagdá para se encontrar com seu colega iraquiano, Nuri al-Maliki, e com o presidente do Iraque, Jalal Talabani.

"Reconhecemos hoje que o governo iraquiano enfrenta desafios gigantescos. Tony Blair quer mostrar seu apoio ao primeiro-ministro Maliki", disse o porta-voz do premier britânico.

Por motivos de segurança, a viagem ao Iraque de Blair não havia sido revelada.

Cerca de 7.100 soldados britânicos estão atualmente no Iraque, principalmente na região de Basra (550 km ao sul de Bagdá).

A Grã-Bretanha perdeu 126 soldados no Iraque desde a invasão de março de 2003. No fim de novembro, o ministro britânico da Defesa, Des Browne, anunciou que seu país pretendia reduzir significativamente seu contingente no Iraque daqui ao fim de 2007.

Um debate sobre a política do governo britânico no Iraque está previsto na Câmara dos Comuns antes do fim de janeiro.

Blair, um dos mais fiéis aliados dos Estados Unidos na guerra no Iraque, viajou a Washington no início deste mês para conversar com o presidente americano George W. Bush sobre a situação no país árabe.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tony Blair faz 'visita surpresa' ao Iraque

Da AFP

17/12/2006 | 11:42


O primeiro-ministro britânico Tony Blair chegou neste domingo a Bagdá para se encontrar com seu colega iraquiano, Nuri al-Maliki, e com o presidente do Iraque, Jalal Talabani.

"Reconhecemos hoje que o governo iraquiano enfrenta desafios gigantescos. Tony Blair quer mostrar seu apoio ao primeiro-ministro Maliki", disse o porta-voz do premier britânico.

Por motivos de segurança, a viagem ao Iraque de Blair não havia sido revelada.

Cerca de 7.100 soldados britânicos estão atualmente no Iraque, principalmente na região de Basra (550 km ao sul de Bagdá).

A Grã-Bretanha perdeu 126 soldados no Iraque desde a invasão de março de 2003. No fim de novembro, o ministro britânico da Defesa, Des Browne, anunciou que seu país pretendia reduzir significativamente seu contingente no Iraque daqui ao fim de 2007.

Um debate sobre a política do governo britânico no Iraque está previsto na Câmara dos Comuns antes do fim de janeiro.

Blair, um dos mais fiéis aliados dos Estados Unidos na guerra no Iraque, viajou a Washington no início deste mês para conversar com o presidente americano George W. Bush sobre a situação no país árabe.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;