Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 3 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Computador vem com menos memória do que anunciado


Isis Mastromano Correia
Especial para o Diário

14/04/2007 | 07:04


A propaganda na TV era atrativa: um computador com memória de 512 MB por R$ 3.363 anunciado pela loja Best Informática, em Santo André.

A socióloga Nagela Cristina de Oliveira, 28 anos, não pensou duas vezes na hora de ir atrás da oferta, mas não imaginava que os problemas começariam logo após o computador ser ligado pela primeira vez.

Na tela, era claro que o PC tinha, na verdade, memória de 256 MB. “Quando procurei a loja para esclarecer a diferença, disseram que especificaram a mudança de memória na nota fiscal. No entanto, ninguém me avisou na hora, fui para casa sossegada. A obrigação deles era me avisar que rasuraram a nota fiscal”, diz Nagela.

A compra do microcomputador ocorreu em julho do ano passado, mesmo período em que a socióloga vem tentando a restituição do que foi pago pela peça ou a substituição da memória de 252 MB.

No último mês, o computador parou de funcionar. De acordo com Nagela, um técnico constatou que os demais componentes do micro são mais modernos do que a memória instalada, que, por sua vez, não agüentou. “E ainda pago R$ 60 de internet sem usar”, reclama.

Nagela procurou ajuda do Procon que marcou uma audiência entre as partes. Nenhum representante da loja compareceu. Agora o caso foi parar no Juizado Especial Cível.

De acordo com a assistente de direção do Procon Mauá, Marcia Antico Barbosa, nesses casos, o consumidor cujo produto está na garantia pode pedir o cumprimento do tratado de compra, a devolução ou abatimento dos valores pagos.

“O ideal é que o consumidor consiga provar com a propaganda que o anunciado não foi cumprido. Senão, fica a palavra do cliente contra a da loja”, explica Marcia.

A gerência da Best Informática foi contatada diversas vezes, mas não se pronunciou até o fechamento da edição.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Computador vem com menos memória do que anunciado

Isis Mastromano Correia
Especial para o Diário

14/04/2007 | 07:04


A propaganda na TV era atrativa: um computador com memória de 512 MB por R$ 3.363 anunciado pela loja Best Informática, em Santo André.

A socióloga Nagela Cristina de Oliveira, 28 anos, não pensou duas vezes na hora de ir atrás da oferta, mas não imaginava que os problemas começariam logo após o computador ser ligado pela primeira vez.

Na tela, era claro que o PC tinha, na verdade, memória de 256 MB. “Quando procurei a loja para esclarecer a diferença, disseram que especificaram a mudança de memória na nota fiscal. No entanto, ninguém me avisou na hora, fui para casa sossegada. A obrigação deles era me avisar que rasuraram a nota fiscal”, diz Nagela.

A compra do microcomputador ocorreu em julho do ano passado, mesmo período em que a socióloga vem tentando a restituição do que foi pago pela peça ou a substituição da memória de 252 MB.

No último mês, o computador parou de funcionar. De acordo com Nagela, um técnico constatou que os demais componentes do micro são mais modernos do que a memória instalada, que, por sua vez, não agüentou. “E ainda pago R$ 60 de internet sem usar”, reclama.

Nagela procurou ajuda do Procon que marcou uma audiência entre as partes. Nenhum representante da loja compareceu. Agora o caso foi parar no Juizado Especial Cível.

De acordo com a assistente de direção do Procon Mauá, Marcia Antico Barbosa, nesses casos, o consumidor cujo produto está na garantia pode pedir o cumprimento do tratado de compra, a devolução ou abatimento dos valores pagos.

“O ideal é que o consumidor consiga provar com a propaganda que o anunciado não foi cumprido. Senão, fica a palavra do cliente contra a da loja”, explica Marcia.

A gerência da Best Informática foi contatada diversas vezes, mas não se pronunciou até o fechamento da edição.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;