Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Embu das artes e flores

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Heloísa Cestari
Do Diário do Grande ABC

16/09/2010 | 07:02


Não é só Holambra que se enche de cores e perfumes com o início da primavera. Neste sábado, a cidade de Embu, a 31 quilômetros da Capital - famosa por seus antiquários, galerias de arte e fábricas de móveis rústicos -, dá a largada à oitava edição do Festival de Flores e Plantas. O evento, que prossegue até 26 de setembro, das 9h às 19h, no Parque do Lago Francisco Rizzo, reflete o crescimento do setor na região e oferece oficinas e palestras gratuitas sobre sustentabilidade e vida saudável.

Na última edição, 30 mil pessoas visitaram o festival. E a expectativa de público é ainda maior para este ano, já que passa a incorporar empresas de decoração, paisagismo, insumos, equipamentos e manuseio.

"Entendemos que o 8º Festival de Flores e Plantas de Embu das Artes é fundamental para potencializar não só o fluxo de turistas como de representantes das cadeias produtivas, gerando oportunidades de negócios", declarou o secretário de Turismo da cidade, Valdir Luis Barbosa.

A programação cultural, por sua vez, prevê oficinas gratuitas de origami, flores em papel, esculturas em frutas e legumes, ikebana, pintura e palestras sobre ervas medicinais e agricultura urbana para casas e apartamentos.

ARTES
Além das flores, Embu das Artes oferece uma infinidade de opções para deixar a casa mais bonita. Os antiquários, lojas de decoração, fábricas de móveis rústicos e galerias de arte garantem visitas para o dia todo. Apesar do número maior de pessoas, o ideal é fazer o passeio aos domingos, quando há bônus na feira de artesanato, sempre repleta de artistas que negociam produtos feitos de couro, cobre e tecido; cestaria; brinquedos de madeira e telas de paisagens pintadas a óleo.

Para mobiliar a casa em estilo colonial, a Avenida Elias Yazbek é endereço certeiro. Mas fique atento: muitas lojas vendem réplicas em madeira de demolição.

Louças de faiança e porcelana, tapetes e quadros de ferro completam a lista de especialidades do artesanato local. E entre uma comprinha e outra, aproveite para conferir o raro acervo do Museu de Arte Sacra e outros edifícios tombados como Patrimônio Histórico.

SERVIÇO
Quando - Dias 18, 19, 25 e 26, das 9h às 19h
Onde - Rua Alberto Giosa, 300 (Km 282 da Rodovia Régis Bittencourt, com acesso pelo Rodoanel).
Entrada - Gratuita
Informações - O telefone da CAT (Central de Atendimento ao Turista) é 4704-6565.
E-mail - turismo@embu.sp.gov.br
Site - www.embu.sp.gov.br


Agenda

18/9 (SÁBADO)
10h - Abertura e premiação do concurso Direitos Humanos - Linguagem e Arte dos Direitos Humanos
11h - Banda Municipal
13h - Danças Brasileiras
15h - Marília de Zita (mantras populares)
16h30 - Banda Auto
Sonora
18h - Encerramento

19/9 (DOMINGO)
11h - Quinteto de Metais
12h - Jazz (Grupo Arco- Íris)
15h - Orquestra de Violeiros de Taboão da Serra
16h30 - Luciano Risseto
18h - Encerramento

25/9
10h - Premiação do concurso Se as Flores Falassem, com o tema Biodiversidade: Vamos Respeitar a cadeia da Vida
11h30 - Tríade Sertaneja
15h - Quinteto de Metais
16h30 - Banda Nova Semente
18h - Encerramento

26/9
11h - Dança de Salão e Matrix Dance
12h - Ozair Ferreira
15h - Marciano Monteiro
16h30 - Show Banda Municipal
18h - Encerramento



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Embu das artes e flores

Heloísa Cestari
Do Diário do Grande ABC

16/09/2010 | 07:02


Não é só Holambra que se enche de cores e perfumes com o início da primavera. Neste sábado, a cidade de Embu, a 31 quilômetros da Capital - famosa por seus antiquários, galerias de arte e fábricas de móveis rústicos -, dá a largada à oitava edição do Festival de Flores e Plantas. O evento, que prossegue até 26 de setembro, das 9h às 19h, no Parque do Lago Francisco Rizzo, reflete o crescimento do setor na região e oferece oficinas e palestras gratuitas sobre sustentabilidade e vida saudável.

Na última edição, 30 mil pessoas visitaram o festival. E a expectativa de público é ainda maior para este ano, já que passa a incorporar empresas de decoração, paisagismo, insumos, equipamentos e manuseio.

"Entendemos que o 8º Festival de Flores e Plantas de Embu das Artes é fundamental para potencializar não só o fluxo de turistas como de representantes das cadeias produtivas, gerando oportunidades de negócios", declarou o secretário de Turismo da cidade, Valdir Luis Barbosa.

A programação cultural, por sua vez, prevê oficinas gratuitas de origami, flores em papel, esculturas em frutas e legumes, ikebana, pintura e palestras sobre ervas medicinais e agricultura urbana para casas e apartamentos.

ARTES
Além das flores, Embu das Artes oferece uma infinidade de opções para deixar a casa mais bonita. Os antiquários, lojas de decoração, fábricas de móveis rústicos e galerias de arte garantem visitas para o dia todo. Apesar do número maior de pessoas, o ideal é fazer o passeio aos domingos, quando há bônus na feira de artesanato, sempre repleta de artistas que negociam produtos feitos de couro, cobre e tecido; cestaria; brinquedos de madeira e telas de paisagens pintadas a óleo.

Para mobiliar a casa em estilo colonial, a Avenida Elias Yazbek é endereço certeiro. Mas fique atento: muitas lojas vendem réplicas em madeira de demolição.

Louças de faiança e porcelana, tapetes e quadros de ferro completam a lista de especialidades do artesanato local. E entre uma comprinha e outra, aproveite para conferir o raro acervo do Museu de Arte Sacra e outros edifícios tombados como Patrimônio Histórico.

SERVIÇO
Quando - Dias 18, 19, 25 e 26, das 9h às 19h
Onde - Rua Alberto Giosa, 300 (Km 282 da Rodovia Régis Bittencourt, com acesso pelo Rodoanel).
Entrada - Gratuita
Informações - O telefone da CAT (Central de Atendimento ao Turista) é 4704-6565.
E-mail - turismo@embu.sp.gov.br
Site - www.embu.sp.gov.br


Agenda

18/9 (SÁBADO)
10h - Abertura e premiação do concurso Direitos Humanos - Linguagem e Arte dos Direitos Humanos
11h - Banda Municipal
13h - Danças Brasileiras
15h - Marília de Zita (mantras populares)
16h30 - Banda Auto
Sonora
18h - Encerramento

19/9 (DOMINGO)
11h - Quinteto de Metais
12h - Jazz (Grupo Arco- Íris)
15h - Orquestra de Violeiros de Taboão da Serra
16h30 - Luciano Risseto
18h - Encerramento

25/9
10h - Premiação do concurso Se as Flores Falassem, com o tema Biodiversidade: Vamos Respeitar a cadeia da Vida
11h30 - Tríade Sertaneja
15h - Quinteto de Metais
16h30 - Banda Nova Semente
18h - Encerramento

26/9
11h - Dança de Salão e Matrix Dance
12h - Ozair Ferreira
15h - Marciano Monteiro
16h30 - Show Banda Municipal
18h - Encerramento

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;