Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Por eleição, três secretários saem da gestão Donisete

Chiquinho do Zaíra, de Planejamento, volta à Câmara; Tomaz (Segurança) e Filorio (abastecimento) também se desligarão


Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

31/03/2016 | 07:00


De olho no processo eleitoral de outubro, mais três secretários do governo do prefeito de Mauá, Donisete Braga (PT), deixarão a administração para concorrer vaga à Câmara. Chefe de Planejamento Urbano, o vereador licenciado Chiquinho do Zaíra (PTdoB) retornará semana que vem ao Legislativo para disputar a reeleição. Outros dois secretários que se afastarão do Paço serão Carlos Tomaz (PTdoB, Segurança Pública) e Marcos Filorio (Segurança Alimentar).

As saídas ocorrem em cumprimento à legislação eleitoral, que determina que integrantes de primeiro escalão que desejam disputar o pleito de outubro se desincompatibilizem de seus cargos até o dia 2 de abril, ou seja, seis meses antes do pleito, agendado para o dia 2 de outubro.

Chiquinho do Zaíra será substituído por José Francisco Jacinto (PTdoB), que já foi secretário de Finanças e superintendente da Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá) na segunda administração do ex-prefeito Leonel Damo (PMDB, de 2005 a 2008). Os substitutos das outras duas Pastas ainda não foram definidos

Chiquinho afastou-se do Legislativo há um ano, quando foi convidado a comandar o setor de Planejamento Urbano e, em troca, garantir apoio ao projeto de reeleição de Donisete. Além do cargo de secretário, o parlamentar conquistou do governo outras Pastas para o partido e influência no processo de escolha do vereador Alberto Betão Pereira Justino (era do PTdoB, mas migrou para PTB) como provável vice na chapa governista.

Tomaz, por sua vez, apostará em projeto ao Legislativo depois de perder o comando do PSB. Ex-presidente do diretório do partido em Mauá, o ainda secretário de Segurança Pública se desfiliou da sigla depois que o deputado estadual e pré-candidato oposicionista ao Paço Atila Jacomussi (PSB) garantiu ingresso na legenda com aval da cúpula estadual.

O titular da Segurança é aliado de primeira hora de Donisete e, na sigla socialista, era nome cotado para ocupar a vaga de vice do petista. “Ainda não definimos (sobre candidatura a vereador), mas vamos conversar com o prefeito e deixar meu nome à disposição do governo”, ponderou Tomaz.

Filorio se desfiliou do PT para compor chapa proporcional de partidos da oposição. O ex-petista ainda avalia disputar a vereança pelo PTB ou PRB. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Por eleição, três secretários saem da gestão Donisete

Chiquinho do Zaíra, de Planejamento, volta à Câmara; Tomaz (Segurança) e Filorio (abastecimento) também se desligarão

Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

31/03/2016 | 07:00


De olho no processo eleitoral de outubro, mais três secretários do governo do prefeito de Mauá, Donisete Braga (PT), deixarão a administração para concorrer vaga à Câmara. Chefe de Planejamento Urbano, o vereador licenciado Chiquinho do Zaíra (PTdoB) retornará semana que vem ao Legislativo para disputar a reeleição. Outros dois secretários que se afastarão do Paço serão Carlos Tomaz (PTdoB, Segurança Pública) e Marcos Filorio (Segurança Alimentar).

As saídas ocorrem em cumprimento à legislação eleitoral, que determina que integrantes de primeiro escalão que desejam disputar o pleito de outubro se desincompatibilizem de seus cargos até o dia 2 de abril, ou seja, seis meses antes do pleito, agendado para o dia 2 de outubro.

Chiquinho do Zaíra será substituído por José Francisco Jacinto (PTdoB), que já foi secretário de Finanças e superintendente da Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá) na segunda administração do ex-prefeito Leonel Damo (PMDB, de 2005 a 2008). Os substitutos das outras duas Pastas ainda não foram definidos

Chiquinho afastou-se do Legislativo há um ano, quando foi convidado a comandar o setor de Planejamento Urbano e, em troca, garantir apoio ao projeto de reeleição de Donisete. Além do cargo de secretário, o parlamentar conquistou do governo outras Pastas para o partido e influência no processo de escolha do vereador Alberto Betão Pereira Justino (era do PTdoB, mas migrou para PTB) como provável vice na chapa governista.

Tomaz, por sua vez, apostará em projeto ao Legislativo depois de perder o comando do PSB. Ex-presidente do diretório do partido em Mauá, o ainda secretário de Segurança Pública se desfiliou da sigla depois que o deputado estadual e pré-candidato oposicionista ao Paço Atila Jacomussi (PSB) garantiu ingresso na legenda com aval da cúpula estadual.

O titular da Segurança é aliado de primeira hora de Donisete e, na sigla socialista, era nome cotado para ocupar a vaga de vice do petista. “Ainda não definimos (sobre candidatura a vereador), mas vamos conversar com o prefeito e deixar meu nome à disposição do governo”, ponderou Tomaz.

Filorio se desfiliou do PT para compor chapa proporcional de partidos da oposição. O ex-petista ainda avalia disputar a vereança pelo PTB ou PRB. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;