Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Ladrões em motos são alvo da PM


Luciano Cavenagui
Do Diário do Grande ABC

19/05/2005 | 07:49


A Polícia Militar de Santo André conseguiu evitar na madrugada desta quarta duas tentativas de assalto a veículos praticadas por ladrões que utilizavam motos na região do Parque Novo Oratório. O bairro é um dos que mais sofrem com roubo de carros no Grande ABC. Nas duas ocorrências, três ladrões foram presos e um foi baleado durante confronto.

Os dois casos explicitam a preocupação da polícia com a atuação de motoqueiros e garupas assaltantes em Santo André. O comando do 10º Batalhão, responsável pelo patrulhamento ostensivo da área do Parque Novo Oratório, afirma que existem operações específicas, como bloqueios e blitze, que objetivam deter ladrões sobre duas rodas.

A primeira tentativa de assalto ocorreu à meia-noite e meia na avenida dos Estados, no bairro Santa Terezinha, sentido São Caetano. Segundo a polícia, os motoboys Jonas Araújo Júnior, 25 anos, e José Alex Machado, 23, em uma Honda Titan, atacaram o motorista de uma caminhonete preta, quando ele parou em um semáforo.

Armados, Júnior e Machado exigiram que a vítima saísse da caminhonete e entregasse o veículo. Nesse momento, uma viatura do 10º Batalhão passou pelo local, percebeu a tentativa de assalto e perseguiu os assaltantes.

Na esquina das ruas Oratório e Tanabi, a Honda Titan derrapou e os ocupantes caíram. Júnior foi detido e Machado, segundo a polícia, atirou primeiro contra um policial, que revidou. Machado tomou dois tiros no ombro e levado até o Centro Hospitalar Municipal, onde permanecia internado nesta quarta à noite sem risco de morte.

Três horas depois, na rua Apalaches, próxima ao local do confronto, Ânderson José Ferreira da Silva, 26 anos, e Fernando de Almeida Redondaro, 23, em uma moto Yamaha, tentaram roubar a Honda Titan do vigilante F.A.P., 39, que patrulhava o bairro.

Redondaro, com uma mão embaixo da camisa, fingiu estar armado. O vigilante percebeu o truque e se atracou com os dois. Um terceiro ladrão surgiu em uma moto branca e deu cinco tiros na direção da vítima, sem acertar nenhum. Nesse momento, apareceram PMs do 10º Batalhão que faziam patrulhamento. Os policiais conseguiram prender Silva e Redondaro. O rapaz que atirou fugiu. Ambos os casos foram registrados no 2º DP.

“Tivemos êxito porque temos um enfoque específico contra esse tipo de criminosos. Diversos roubos de veículos têm ocorrido dessa maneira. Na área do Parque Novo Oratório fazemos várias blitze específicas contra motoqueiros, especialmente com motos ocupadas por duas pessoas, que têm surtido bons efeitos”, afirmou o major Edson de Jesus Sardano, integrante do comando do 10º Batalhão.

O major dá algumas dicas aos motoristas como medidas de prevenção a assaltos:

- Evite andar na faixa esquerda da pista (onde ocorre a maioria dos assaltos);
- Não retire do banco grandes quantias em dinheiro;
- Ao perceber que está sendo seguido, tente entrar em alguma loja ou estabelecimento público.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ladrões em motos são alvo da PM

Luciano Cavenagui
Do Diário do Grande ABC

19/05/2005 | 07:49


A Polícia Militar de Santo André conseguiu evitar na madrugada desta quarta duas tentativas de assalto a veículos praticadas por ladrões que utilizavam motos na região do Parque Novo Oratório. O bairro é um dos que mais sofrem com roubo de carros no Grande ABC. Nas duas ocorrências, três ladrões foram presos e um foi baleado durante confronto.

Os dois casos explicitam a preocupação da polícia com a atuação de motoqueiros e garupas assaltantes em Santo André. O comando do 10º Batalhão, responsável pelo patrulhamento ostensivo da área do Parque Novo Oratório, afirma que existem operações específicas, como bloqueios e blitze, que objetivam deter ladrões sobre duas rodas.

A primeira tentativa de assalto ocorreu à meia-noite e meia na avenida dos Estados, no bairro Santa Terezinha, sentido São Caetano. Segundo a polícia, os motoboys Jonas Araújo Júnior, 25 anos, e José Alex Machado, 23, em uma Honda Titan, atacaram o motorista de uma caminhonete preta, quando ele parou em um semáforo.

Armados, Júnior e Machado exigiram que a vítima saísse da caminhonete e entregasse o veículo. Nesse momento, uma viatura do 10º Batalhão passou pelo local, percebeu a tentativa de assalto e perseguiu os assaltantes.

Na esquina das ruas Oratório e Tanabi, a Honda Titan derrapou e os ocupantes caíram. Júnior foi detido e Machado, segundo a polícia, atirou primeiro contra um policial, que revidou. Machado tomou dois tiros no ombro e levado até o Centro Hospitalar Municipal, onde permanecia internado nesta quarta à noite sem risco de morte.

Três horas depois, na rua Apalaches, próxima ao local do confronto, Ânderson José Ferreira da Silva, 26 anos, e Fernando de Almeida Redondaro, 23, em uma moto Yamaha, tentaram roubar a Honda Titan do vigilante F.A.P., 39, que patrulhava o bairro.

Redondaro, com uma mão embaixo da camisa, fingiu estar armado. O vigilante percebeu o truque e se atracou com os dois. Um terceiro ladrão surgiu em uma moto branca e deu cinco tiros na direção da vítima, sem acertar nenhum. Nesse momento, apareceram PMs do 10º Batalhão que faziam patrulhamento. Os policiais conseguiram prender Silva e Redondaro. O rapaz que atirou fugiu. Ambos os casos foram registrados no 2º DP.

“Tivemos êxito porque temos um enfoque específico contra esse tipo de criminosos. Diversos roubos de veículos têm ocorrido dessa maneira. Na área do Parque Novo Oratório fazemos várias blitze específicas contra motoqueiros, especialmente com motos ocupadas por duas pessoas, que têm surtido bons efeitos”, afirmou o major Edson de Jesus Sardano, integrante do comando do 10º Batalhão.

O major dá algumas dicas aos motoristas como medidas de prevenção a assaltos:

- Evite andar na faixa esquerda da pista (onde ocorre a maioria dos assaltos);
- Não retire do banco grandes quantias em dinheiro;
- Ao perceber que está sendo seguido, tente entrar em alguma loja ou estabelecimento público.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;